27/02/2013

7 Things: I can't live without you.

13 comentários: | |
I can take you to a new world, 
take your problems away..




Juliana narrando:

Olhei no relógio: 18h30. É, eu ia me atrasar. Mas de propósito! hehe.
Tomei um banho demorado e fiquei um tempo escolhendo minha roupa, quando decidi, fiquei uns 5 minutos admirando minha beleza em frente ao espelho! hahaha. Admito, eu tava estilosa. Sequei meu cabelo e fiz chapinha, não sei porque mas tava sentindo necessidade de ficar bonita. Passei uma make leve, peguei minha bolsa, meu celular e fui andando em direção à mansão do Justin.

(...) Passava por uma rua bem movimentada quando notei 3 carros pretos me seguindo, porra. Eles pararam e desceram 3 paparazzis de cada carro. Eu não tava afim de papo, sinceramente.

Paparazzi1: Posso tirar uma foto sua? - Perguntou se posicionando com a câmera na mão, enquanto os outros já tiravam fotos.
Eu: Se eu falar que não, vai mudar alguma coisa? - Respondi sem parar de andar
Paparazzi2: Ta indo pra casa do Justin?
Eu: Desde quando te devo satisfações?
Paparazzi3: Você é grossa.
Eu: Que bom que acha isso. - Sorri irônica, até que eles pararam de andar atrás de mim e consegui chegar em paz na casa do Justin, onde tinha uma garotinha parada na frente, sentada no meio-fio chorando. - O que houve, flor? - Perguntei me abaixando na frente dela
Menina: Eu não acredito... você.... você... - Gaguejou - Juliana! - Sorriu e me abraçou, forte. Retribui o abraço e sorri.
Eu: Por que está chorando?
Menina: Porque sonho em conhecer o Justin, por isso to aqui... Eu moro na Australia, vim pra Los Angeles só pra vê-lo, mas nunca vou realizar esse sonho.
Eu: Não se lembra do que ele nos ensinou? Nunca diga nunca. - Segurei seu queixo levantando sua cabeça, peguei meu celular e liguei pro Justin.

Ligação mode on:
Justin: Oi Ju! Cadê você?
Eu: To parada na frente da sua casa, por favor, vem aqui.
Justin: O que aconteceu?
Eu: Vem aqui. Tchau.
Ligação mode off.

Me sentei do lado da menininha, tiramos uma foto juntas e ela me contou sua história. O nome dela é Katy e tem 12 anos, fofa, mil vezes fofa! Até que o Justin apareceu.

Justin: O que aconteceu, Ju? - Perguntou assustado 
Eu: Justin, essa é a Katy, uma grande fã sua. - Katy correu e o abraçou, os olhos dela brilhavam
Justin: É um prazer te conhecer, Katy. - Ambos sorrimos, ela me entregou seu celular e eu bati uma foto deles. Nos despedimos e entramos na casa dele. - Isso foi legal.
Eu: É, eu sei. - Disse enquanto subia as escadas pro quarto dele. - Então, o que tu precisava falar comigo? - Ele se sentou na cama e eu fiquei parada em pé perto da porta.
Justin: Antes de tudo, peço perdão e saiba que eu te amo muito.
Eu: Fala logo.
Justin: Scooter pediu pra que eu começasse um "namoro falso" com a Selena, pois seria bom pra minha mãe e pra eu mesmo, minha mãe pediu, e eu tive que aceitar. - Falou de cabeça baixa. Juro que naquele momento, eu queria me matar. Mas eu o amava, o queria por perto. Eu o perdoo. Vou enfrentar tudo isso, pelo amor que eu sinto.
Eu: E como nós ficamos? - Falei entre soluços e fui abraçá-lo.
Justin: O quê? Não ta brava?
Eu: To triste, mas quer saber? Eu te entendo. E vou enfrentar qualquer coisa por ti. 
Justin: Eu te amo muito, minha pequena. Posso estar com ela, mas eu sou seu... sempre vou ser. - Me girou no ar, sorrindo.

Eu não queria e não podia sorrir, porque não estava feliz. Quero o Justin só pra mim, e vou ter que lutar por isso.

(...) Deitamos na cama dele e ficamos um tempo em silêncio, provavelmente pensando no que faríamos dali pra frente.

Justin: Mor...
Eu: Oi.. - Olhei ele
Justin: Prometo que isso vai passar.
Eu: Tudo bem, eu te espero.. - Forcei um sorriso enquanto alcançava um maço de cigarro que estava dentro da gaveta do criado-mudo dele.
Justin: O que você vai fazer? - Me encarou e eu acendi um cigarro. Ouvi falar que fumar acalmava os nervos. Não o respondi, sai andando pra varanda do seu quarto e me sentei numa das cadeiras que tinha lá, fiquei olhando a paisagem que por sinal era linda. - Amor, vem pra cá!
Eu: Tem whisky? Vodca, ou alguma coisa do tipo? - Perguntei enquanto voltava pro quarto, onde ele estava.
Justin: Tem, mas você não vai beber.
Eu: Um gole?
Justin: Não.
Eu: Aff.
Justin: Quer saber? Namoro falso porra nenhuma, eu te amo pra caralho e vai ser com você que eu vou ficar.
Eu: O quê? - Assustada
Justin: Espera. - Pegou o celular e foi pra varanda, uns 10 minutos depois ele voltou. - O Scooter e a Selesma - Rimos - tão vindo pra cá.
Eu: Pra que, garoto?
Justin: Você vai ver! - Sorriu e mordeu de leve minha bochecha - Te amo chatinha.
Eu: Eu te amo muito muito muito mais, balofo. - Sorri
Justin: Vem amor, vamos descer. - Assenti e descemos as escadas de mãos dadas, sentamos no sofá e ficamos um tempo conversando até que Scooter e Selena chegaram e se sentaram de frente pra nós, chamamos a Pattie que ficou parada em pé.
Scott: Então, o que queria Justin?
Justin: Não vou fingir um namoro. Não vou mentir pras minhas Beliebers e nem pra eu mesmo. Eu amo a Juliana, se a Selena quer fama, ela que se vire pra conseguir, eu não vou ajudar. Quanto à minha mãe, eu sei que você manipulou ela pra que concordasse com tudo isso. Cara, ela é minha mãe, não precisa disso. - Todos ficamos boquiabertos, menos Pattie, que sorria.
Scott: Você tem certeza?
Justin: É, eu tenho.
Scott: Então, Sel, você vai ter que pegar alguém da One Direction.
Selena: Quero o Zayn, ele é gato. - Deu de ombros
Justin: Então é isso. Mãe, espero que me entenda. - Pattie assentiu e o abraçou
Scott: Beleza, vamos Sel?
Selena: Vamos. Tchau Jus, Pattie e... Juliana. - Sorri ironicamente 
Eu: Tchau, Selesma. - Todos riram, menos ela.
Scott: Tchau galera. - Se despediu de nós, e Pattie os levou até a porta.
Justin: Desculpa ter aceitado aquilo mô.. - Me abraçou
Eu: Tô feliz porque estamos bem de novo. - Sorri retribuindo o abraço.
Justin: Eu não vivo sem você! - Me beijou

O capítulo ta pequeno, ok, eu sei. É porque hoje eu não tive tempo, por causa do dentista e os meus "deveres"  diários. Mas eu não queria deixar de postar, então postei só isso.
To bolada pq vocês quase não comentam mais, estão me trocando, psé \z
Mas enfim, surpreendi vocês? hehe.
Não vou responder os comentários nesse, mas obrigada por quem comentou os capítulos anteriores! No próximo cap. eu respondo os comentários!
<3


26/02/2013

California Sky: Capítulo 26 - Chophie ended

22 comentários: | |
Tumblr_mgc6npevh01r8r0xmo1_500_large
"I'll always be there for you, I promise I will stay right here"
(Be Alright - Justin Bieber)


Santa Monica - Califórnia, segunda-feira, 4:15PM
Liguei o Skype e encontrei Chaz com uma cara nada boa. Fudeu.
- Skype Chaz e Sophie on -
Sophie: Oi. - Disse e dei um sorrisinho, só pra quebrar o clima tenso, mas não funcionou.
Chaz: Oi "Hacked by Bieber". - Fez aspas com as mãos enquanto me olhava sério.
Sophie: Então você já viu né.. - Disse sem graça.
Chaz: Sim, eu vi e não gostei nada. Porque não me disse que voltaram a se falar?
Sophie: Desculpa, nós voltamos a nos falar hoje.
Chaz: E o que aconteceu entre vocês?
Sophie: Nada de mais, ele me pediu desculpa e eu aceitei, depois o Scooter também me pediu desculpas e eu aceitei. - Disse. Não iria contar sobre o beijo pro Chaz, ele nunca mais ia querer olhar na minha cara.
Chaz: Foi só isso mesmo? - Assenti.
Sophie: Eu tenho mais uma coisa pra te falar.
Chaz: O que? - Me olhou preocupado.
Sophie: Justin está aqui. - Disse e abaixei a cabeça.
Chaz: Sophie, não aconteceu nada mesmo entre vocês?
Sophie: Não. - Que droga, eu quero contar sobre o beijo, mas não posso. Talvez seja melhor deixar pra contar quando eu fosse pro Canadá.
Chaz: Cadê ele? - Chamei Justin e ele colocou a poltrona do meu lado.
Justin: Oi.
Chaz: Oi. - Disse seco.
Justin: Pode ficar tranquilo que eu não vou atrapalhar vocês ok? Eu já entendi que eu não mereço ela. - Chaz sorriu fraco.
Chaz: Tudo bem...
Justin: Eu vou deixa vocês conversarem. Vou joga video-game lá na sala ok? - Assenti e ele saiu do quarto.
Chaz: Eu preciso conversar com você.
Sophie: Sobre o que?
Chaz: Nós.
Sophie: "Nós?" - Fiz aspas com as mãos.
Chaz: Sim. Eu andei pensando e acho que nosso namoro não vai dar certo.
Sophie: Claro que vai, porque está dizendo isso, Chaz? - Perguntei já com os olhos cheios de lágrimas. Eu amava Chaz apenas como amigo, mas eu não queria terminar com ele. Mesmo longe, ele me fazia feliz.
Chaz: Eu também não quero terminar, Sophie, mas é o certo. Nós moramos em países diferentes, vamos nos ver somente a cada 1 mês e eu não vou aguentar saber que o Justin vai estar por aí. É melhor terminar agora antes que um de nós saia sofrendo e você sabe quem vai ser né? Você ainda ama, está estampado nos seus olhos quando olha pra ele.
Sophie: Não Chaz, por favor.
Chaz: Desculpa. - Disse e vi uma lágrima escorrer pelo olho dele, me fazendo chorar mais.
Sophie: Ainda iremos ser amigos?
Chaz: Claro né, eu não conseguiria viver sem falar com você. - Sorri. - Eu vou desligar agora, vou na casa do Ryan.
Sophie: Ok, até depois então.
Chaz: Até. - Disse.
- Skype Chaz e Sophie off -

Fechei o Skype e entrei no Twitter. Como sempre tinha centenas de mentions e novos followers. Dei RT em alguns e twittei:
"@ChazSom3rs: Thank u for all, you will always be my best friend."
"@ChazSom3rs: Still want to go to Canada."
Esses dois twittes foram suficientes para gerar milhares de mentions perguntando se eu e Chaz terminamos. Apenas twittei "yes". Dizem que as Beliebers são melhores que o FBI, então elas irão descobrir o que esse "yes" significa.
Desliguei o computador e fui até o banheiro. Lavei meu rosto e fiquei mexendo no celular até minha cara de choro passar, depois fui até a sala. Justin estava assistindo TV enquanto comia pipoca, tomava refrigerante e falava com alguém no celular, com os pés em cima da mesa de centro. Porque eu ainda deixo ele ficar aqui em casa?
Sentei do lado dele e comecei a comer pipoca, mas ele puxou a tigela das minhas mãos. Fui tentar pegar novamente, mas ele não deixou.
Justin: Quer fazer o favor de tirar suas mãos da minha pipoca? - Disse enquanto guardava o celular no bolso.
Sophie: Sua pipoca? Foi minha mãe que comprou, então é minha. - Novamente tentei pegar a tigela, mas sem sucesso.
Justin: Sai daqui, vai fazer pra você.
Sophie: É sério que não vai me dividir comigo? - Perguntei manhosa e ele revirou os olhos.
Justin: Tá, tá, pode pegar. - Peguei uma mão cheia de pipoca.
Sophie: Muito obrigada. - Disse me ajeitando no sofá. - Você é muito folgado.
Justin: Eu sei, todo mundo diz isso. - Ri.
Sophie: Quem era no celular?
Justin: Você é muito curiosa. - Ri.
Sophie: Eu sei, todo mundo diz isso. - Repeti a frase dele e ele riu.
Justin: Era Scooter, ele vai vir me buscar e quer saber se você vai no KCA.
Sophie: Nem pensei ainda.
Justin: Vamos, eu falo com o Chaz.
Sophie: Não estou mais namorando com o Chaz.
Justin: Sério? - Perguntou com um sorriso de orelha a orelha e eu assenti. - E você tá bem? - Desmanchou do sorriso.
Sophie: Não to bem e nem to mal, to meio termo. Eu não amo ele como amigo entende? - Ele assentiu.
Justin: Desculpa se foi por culpa minha. - Sorri fraco. - Come que comer sempre te anima. - Enfiou um monte de pipoca na minha boca, me fazendo engasgar.
Sophie: Retardado! - Disse tossindo enquanto ele ria.
Justin: Tá mais feliz agora?
Sophie: Ah, claro.
Justin: Então, vai comigo no KCA?
Sophie: Não sei.
Justin: Por favor..
Sophie: Tá, eu vou. Que dia é?
Justin: Sábado.
Sophie: Nossa, que lindo você, me avisa 5 dias antes.
Justin: Eu sei que sou lindo.
Sophie: E convencido.
Justin: E gostoso. - A campainha tocou e Justin levantou. - Deixa que eu atendo, deve ser o Scooter. - Foi até a porta e a abriu. - Não disse que era ele.
Scooter: Vim buscar a senhorita. - Disse à Justin, que mandou dedo pra ele.
Justin: Tchau, Sophie. Depois a gente se fala. - Me deu um abraço.
Sophie: Ok, tchau. Tchau Scooter. - Acenei pra ele.
Scooter: Tchau. - Sorriu e eles saíram pela porta. 
Me joguei no sofá e fiquei pensando na minha vida enquanto terminava de comer a pipoca.


Tá, eu sei que esse capítulo não tá legal, mas eu não consegui escrever melhor, me perdoem :(
Vou responder os comentários agora:
Mah: Haha, obrigada fofa. Já continuei :)
Canadians Boys: Aww, muito obrigada *--*
Adriana Souza: Continuei  :)
Pequena do Justin: Muito obrigada, bj com swag pra vc também haha
Ana Julia: Continuei (:
Anônimo1: Fudeu mesmo hauhau
Amanda Correa Leite Rosa: Ele entendeu, ainda bem :D
Raphaella *-*: Continuei :)
Tah Bieber: Continuei e divulgo sim ;)
Thais Freitas: Obrigada ^^
Giovanna Neves: Continuei diva :)
Giulia: Continuei (:
Stella: Fofíssimos *-*
Rianna Ornella: AWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWN, muito obrigada! Vc é mt fofa *o* Infelizmente eu já tenho alguns capítulo prontos da minha nova IB e não é sobrenatural, mas a história é bem diferente das que eu costumo escrever. Não sou eu que escrevo Be Alright, é a Liny. Eu só escrevo California Sky :)
Mariana Torres: Obrigada e já continuei :)
Imagine Belieber.: Continuei haha
Midi dos Santos: Continuei e não sou linda, vc que é u_u
Anônimo2: Eu ia fazer assim, mas decidi fazer algo mais civilizado, não quero barraco entre o Chaz e o Justin hahaha  Muito obrigada pelos elogios ;)
Pronto, respondi todos (:
Obrigada a quem comentou e até o próximo capítulo ;*

Divulgando:
http://imagibelieberhot.blogspot.com

7 Things: Interview.

6 comentários: | |
I tried to sever ties and I ended up with wounds to bing,
 like you're pouring salt in my cuts...

Eu estava perdida, completamente perdida em pensamentos. Que raiva do Justin, porque ele fez aquilo comigo? E como se não bastasse ceder ao selinho da Selena, ainda saiu com ela sem mim e voltou bêbado. Não sei quem eu mato primeiro: Justin Bieber ou Selena Gomez.

(...) Deixei Justin na humilde residência dele e voltei dirigindo até minha casa. Em uma rua lá perto, tinha uns adolescentes que deveriam ter uns 17 anos, saindo de uma festa à fantasia, me lembrou de como eu sentia falta da minha melhor amiga, então resolvi ligar pra ela.

Ligação mode on.
Bruna: Alô? - Atendeu sonolenta.
Eu: Oi amiga..
Bruna: Oi Juuu, que número é esse?
Eu: Ah, é do Nextel, sabe como é né...
Bruna: Entendi, como você ta?
Eu: To bem, e com saudades.
Bruna: Eu também amiga, quando você vem me visitar?
Eu: Não sei, em breve Bru.
Bruna: Acho que você quer conversar, né?! Eu vi o que o Justin fez.
Eu: É...
Bruna: Sei que você é apaixonada por ele mas Ju, não é a primeira vez, né?!
Eu: Uhum..
Bruna: Tenta esquecer ele, você é muito mais famosa agora e cara, tu ta em Los Angeles, tem muitos gatinhos por aí. - Rimos
Eu: Obrigada Bru.. Vou pensar direito e ver o que eu faço.
Bruna: Isso aí amiga, qualquer coisa me liga!
Eu: Ta Bru, agora vou pra casa porque eu to parei o carro aqui numa rua qualquer. - Rimos - Beijos, muito obrigada. Te amo te amo te amo!
Bruna: Te amo mais, se cuida amiga. Beijos.
Ligação mode off.

Essa conversa não me ajudou muito, mas pelo menos falei com a minha melhor amiga.

(...) Dei partida novamente e fui pra casa, meu irmão ainda não estava lá. Tirei meu roupão e me joguei na minha cama, fiquei pensando em tudo o que tinha acontecido e acabei dormindo.

Justin narrando:

Acordei com o meu celular despertando, que saco. Alcancei ele no criado-mudo e ataquei na parede. Mais tarde eu compro outro!
Esperei mais uns 5 minutos e levantei da cama. Peguei uma maçã, comi e fui tomar banho. Hoje eu teria uma entrevista na Ellen, adoro ela. Me vesti, peguei meu outro celular, carteira e desci, minha mãe, Kenny e Fredo me esperavam no carro. Coloquei meu fone de ouvido e fui ouvindo música durante todo o caminho, até que chegou um sms, fui ver todo esperançoso achando que era a Ju, mas era só a Selena.

"Oi gato, gostei muito da noite passada, hahaha, te amo - Selena"

Ignorei esse sms e fiquei pensando no que faria pra Ju me perdoar, então mandei um sms pra ela, que logo me respondeu.

"Meu amor, nunca esqueça que eu te amo. Você é a minha vida. Entenda que eu não queria vê-la no meu show, mas foi tudo uma "armação", e eu não queria que ela tivesse me roubado aquele selinho, tentei me afastar, juro! E na balada, eu queria que tu tivesse ido junto, mas lá não rolou nada... Me perdoa. - Justin"

"Como você sabe que não rolou nada se estava bêbado? Num estado deplorável, ridículo. Me senti humilhada. Não quero mais te ver, obrigada. - Ju"

Cheguei no programa, conversei um pouco com o pessoal, tiramos fotos, e enfim. 5 minutos antes de começar a entrevista, a Juliana apareceu. Cara, eu tinha esquecido completamente que a entrevista de hoje seria feita com nós dois juntos.

Ju: Desculpa o atraso, gente.
Produtora: Tudo bem, você está pronta?
Ju: Sim, estou. - Respirava aliviada - Oi Pattie, Fredo, Ellen, Kenny e... Justin. - Sorriu de canto ao me ver, todos cumprimentaram ela. Eu só sorri e assenti.
Produtora: A entrevista já vai começar. - Nos sentamos no sofá e Ellen se sentou no outro. Por que diabos a Juliana tava com toda as pernas de fora? Aff. - 5, 4, 3, 2, estamos ao vivo.

Entrevista mode on.

Ellen: Estamos aqui com o casal mais popular atualmente. Justana, uma junção de Justin e Juliana. - Sorrimos - Ju, como é namorar com o principe do pop?
Ju: Hmmm... ér... - Gaguejou - Não estamos mais juntos. 
Ellen: Como não? - Assustada
Eu: Eu errei, e ela terminou. - Abaixou a cabeça e todos da plateia fizeram "ooouuunn" em coro.
Ellen: Ah sim, você saiu com a Selena, não é? - Assenti envergonhado da minha atitude. - Mas você está bem, não é, Ju?
Ju: Já chorei demais. - Ela disse fria, sem nenhuma expressão. Cara, aquilo doeu.
Ellen: É isso aí, depois dos comerciais tem mais. - Sorriu olhando pra câmera
Produtora: Intervalo! - Gritou

Porra, finalmente deu o intervalo! Fui direto pro meu camarim e desabei, é. Eu tava muito mal, não queria ter magoado minha pequena mais uma vez, e pior: Ela pareceu decidida quando respondeu o meu sms.

Pattie: Filho, o que houve? - Entrou no camarim
Eu: A Ju nunca vai me perdoar mãe... - Respondi entre soluços, e ela me abraçou.
Pattie: Calma querido, vocês precisam conversar. Vai lavar o rosto bebê, e para de chorar. - Assenti e fui no banheiro, lavei o rosto e sai do camarim, fui procurar a Ju.
Eu: Onde ela tá? - Perguntei pro Kenny, que estava parado no corredor mexendo no celular.
Kenny: "Ela" quem?
Eu: Minha garota.
Kenny: Selena? - Perguntou confuso
Eu: NÃO KENNY, EU TO FALANDO DA MINHA GAROTA, A JULIANA! - Gritei estressado e sai andando.
Pattie: Querido, ela foi embora. - Disse assim que me encontrou - Mas você tem que ficar pois vai se apresentar, né?!
Eu: É mãe, é. - Impaciente.
Produtora: Voltaremos em 10 segundos.
Eu: Droga! - Exclamei e voltei para o palco, me posicionei pois já iria me apresentar. 

Voltamos dos comerciais e eu cantei Nothing Like Us, chorando feito uma criança. Conversei mais uns 15 minutos com a Ellen e fui embora, cara, eu não sabia o que fazer. Voltei pra casa, deitei na minha cama e fiquei pensando em um jeito de tê-la de volta, mas não tive nenhuma boa ideia. 

(...) Ouvi vozes na sala, estranho.. Pensei que só estivesse eu e minha mãe aqui. Coloquei um chinelo e fui até lá. Me deparei com Selena e Scooter sentados conversando com a minha mãe.

Pattie: Oi querido, já ia te chamar. - Sorriu, e eu os encarava - O Scooter e a Sel querem falar com você.
Eu: O que você quer? - Falei olhando fixamente pra Selena.
Sel: Calma Jus, por que essa ignorância toda? - Falou toda calma.
Scott: Justin, estávamos conversando e chegamos a uma conclusão: Seguinte, seria bom pra você e Selena se voltassem a namorar.
Eu: NUNCA! - Gritei
Pattie: Calma filho. - Pousou sua mão em um dos meus ombros
Scott: Seria bom pra divulgação do CD de vocês, pra sua turnê e tudo mais, sem contar que você ganharia milhões com tudo isso e também ajudaria na divulgação do livro da Pattie.
Eu: Não preciso de dinheiro.
Scott: Justin, Justin... É só por um tempo!
Sel: Por favor! - Fez cara de cachorro sem dono. Falsa.
Pattie: É filho, aceita! - A olhei, pensativo. Seria bom pra minha mãe... mas cara, não seria bom pra mim. Mas é a minha mãe... Ai, droga! - Por mim filho..
Eu: Tá, mas não quero a Selena no meu pé, nosso "amor" - fiz aspas no ar - é só em frente as câmeras.
Scott: Isso, cara! Ótima escolha! - Sorriu e levantou pra me abraçar.
Pattie: Muito obrigada, filho. - Também estava sorrindo, e aquele sorriso era verdadeiro. Era a minha recompensa. 
Sel: Obrigada bebêzinho, te amo! - Falou com voz de "bebê", apertando minhas bochechas.
Eu: Tira a mão de mim. - A empurrei de leve.

Então tá certo, eu to namorando com a Selena. A Juliana não vai gostar nem um pouco de saber disso, e também não vai me entender, já sei. Tô começando a me arrepender dessa decisão! Subi correndo pro meu quarto e liguei pra Ju.

Ligação mode on:
Ju: Fala.
Eu: Ju, preciso te ver, é urgente. Tenho coisas pra te explicar.
Ju: Não quero saber.
Eu: Por favor, Ju. Por todo o amor que um dia você sentiu por mim...
Ju: Tá, tudo bem. 19 horas to aí. Tchau.
Eu: Te amo.
Ligação mode off.

Indicando.

http://justinbiebercat17.blogspot.com.br/
http://imagiiinebeliiieber.blogspot.com.br/

Comentários.

Adriana Souza: Kra, pois é :(
Big Dreams Swag: Bem vinda, hahaha *-* muito obrigada!!
Ana Julia: Tomara, ahah (yn)
Aleeh Viituriano: Será? hehe, muito obrigada <3
Imagine Belieber.: Que bom que ta gostando! Blog divulgado! haha :)
Thainara Nadalon: Obrigada sua lindaaa!!
Evellin Bieber Lovato: Continueeei, kk
Imagine Belieber: Pronto!!
Sari: Psé, uaheue, continuei.

Espero que vocês gostem, e muito muito obrigada pelo carinho e tls, continuem comentando pfvr <3

25/02/2013

7 Things: I knew you were trouble.

11 comentários: | |
So clear to me now, can't explain what you're doing to me,
 I did but I don't know how it's gon' take some time but I'll figure it out...

Juliana narrando:

O Cody Simpson estava se apresentando, Justin se arrumando, Pattie e toda a Team Bieber atrás dele e eu assistindo o show, que tava o máximo! Eu, particularmente, amo o Cody, desde o começo da carreira dele. 40 minutos depois, o show estava no fim e o Justin aquecendo a voz com a ajuda da Mama Jan. 
Aliás, preciso falar que tirei foto com toda a equipe?

Justin: Me deseja sorte, pequena. - Disse vindo em minha direção.
Eu: Boa sorte meu amor, divirta-se! - Sorrimos e selei nossos lábios num breve beijo. 
Pattie: Vamos orar, queridos? - Assentimos e formamos uma rodinha com toda a equipe, oramos, e fizemos o nosso "toque".
Todos: DUCK DUCK DUCK DUCK, QUACK QUACK QUACK QUACK, ZOOOOOMMM! - Gritamos em coro super animados. Depois, fui até o canto do palco e tirei uma foto pra postar no instagram, tinha muitas bandeiras do Brasil.

Foto: Heyyyyyyyyyy, LA! #love #love #love

(...) Então começou o show do Justin, ele estava cantando All Around The World e eu babando nos bastidores. Cody já estava no seu camarim, eu não o vi mais depois que saiu do palco. Pattie, Kenny, Lucas, Fredo, Scott, Mama Jan e todo o resto o estavam do meu lado acompanhando o meu Biebs. As fãs estavam completamente loucas, super animadas! Mas não se compara as fãs Brasileiras, claro. Até que atacaram um sutiã no palco e o Justin ficou com uma cara tipo: "WFT???" e eu não conseguia parar de sorrir. É, admiração o nome disso. Ficamos dançando lá nos bastidores, cantamos e tudo mais, tava super divertido. Até que chamaram a garota que ia ser a One Less Lonely Girl. Fiquei feliz por saber que uma fã ia realizar seu sonho, assim como eu realizei o meu! Mas ainda não tínhamos visto quem era a garota, apenas a moça lá da equipe sabia quem era, pois a escolheu.

xxx: Aí vem a One Less Lonely Girl. - Disse a moça, que eu não sabia o nome, sorrindo. Todos viraram pra trás pra ver a garota mas eu continuei vendo o show.
Pattie: O que ela está fazendo aqui? - Sussurrou num tom não tão baixo pro Kenny, mas ignorei.
Kenny: Eu não sei... - Sussurrou de volta
Fredo: SELEEEENAAA! - Gritou super empolgado. Espera aí, Selena?! O que essa vadia tava fazendo aqui? Me virei rapidamente pra me certificar de que era mesmo Selena Gomez.
Eu: O que você ta fazendo aqui? - A encarei, mas não deu tempo dela responder pois já precisava entrar no palco. Fiz questão de não desviar o olhar daquela cena nem um minuto sequer. Todos da equipe estavam fazendo comentários, alguns até falavam comigo mas eu ignorava. 

Quando Justin viu a Selena, ele deu um meio sorriso e continuou o show, como ele sempre faz quando chega a hora de OLLG, mas eu vi, a Pattie viu, o Kenny viu, enfim, todos viram, a Selena puxando ele pra um beijo. Todos viram. Ela deu um selinho demorado nele, e ele continuou o show normalmente, nem tentou se afastar dela. Eu não tava acreditando naquilo.
Eu podia muito bem parar um show e armar um barraco, mas preferi continuar lá, assistindo. Firme e forte, com um sorriso no rosto.

Pattie: Está tudo bem, querida? - Disse com aquela voz tranquila e simpática dela. A Pattie estava sendo como uma mãe pra mim. Já estava na ultima música quando ela veio me perguntar isso, como resposta, assenti sorrindo.

Quando acabou, Selena já tinha ido embora e eu estava sentada num sofá que tinha por lá mexendo no meu celular. Justin passou reto, acho que nem tinha me visto, e foi pro seu camarim. Eu estava morrendo de cede então fui até lá também pra pegar uma garrafa de água, ele estava com a Pattie, que assim que eu entrei, saiu.

Justin: Oi amor, onde você tava? - Disse vindo em minha direção, me envolvendo em um abraço.
Eu: Tava no sofá ali fora. - Sorri sem mostrar os dentes.
Justin: Nossa, não te vi, perdão amor. - Selou nossos lábios rapidamente - Mor, vou tomar banho. - Assenti e me sentei no sofá do camarim, aproveitei e comi uma maçã. Uns 20 minutos depois ele voltou, lindo 
Eu: Onde você vai assim? - Olhei ele
Justin: Vamos numa balada mor? A Sel chamou a gente pra ir.
Eu: Não, ela deve ter chamado você, só você. - Falei convicta.
Justin: Então tudo bem, vamos pra casa.
Eu: Pode ir pra essa tal balada, sem problemas. Eu vou pra casa. - Sorri de canto e sai do camarim. Eu estava mal, muito mal. Fui andando até o corredor onde estava Pattie, Kenny e meu irmão. - Maninho, me leva em casa?
Lucas: Já quer ir? - Assenti. - Tudo bem. 
Eu: Tchau Pattie, Kenny. - Me despedi dando um beijo na bochecha de cada um, Lucas passou o braço pelo meu ombro e fomos embora, Justin nem veio atrás.
Lucas: Ta bolada por que? - Disse quebrando o silêncio, no meio do caminho.
Eu: Você não viu que a Selena beijou o Justin? E agora, depois do show, eles vão pra uma balada.
Lucas: Não acredito que aquele filho da puta te traiu! - Deu um murro no volante
Eu: É... - Abaixei a cabeça e novamente ficamos em silêncio até chegar em casa. - Você vai sair? - Disse enquanto entrava em casa
Lucas: É, vou pra casa de uma amiga, só vim te deixar aqui.
Eu: Uhum. - Sorri - Se cuida. - Dei um beijo na bochecha dele
Lucas: Tchau mana, se cuida também. - Assenti e ele saiu do apartamento.

Tomei um banho, coloquei meu "pijama", fiz pipoca de microondas, peguei meu notebook e sentei no sofá. Entrei no twitter e era incrível a quantidade de pessoas me chamando de "chifruda", falando que tavam com dó de mim e tudo mais. Claro que eu chorei né?! Quem não choraria? Então criei coragem e resolvi tweetar pra quem estava me apoiando, e mandar uma indireta.

@JuAlbuquerq: Eu vou ficar bem, não se preocupem. Amo vocês.
@JuAlbuquerq: Thanks for all support, love u.
@JuAlbuquerq: I knew you were trouble when you walked in, so shame on me now...

Nem entrei no twitter do Justin pois sabia que iria me estressar mais. Comecei a assistir um filme que tava passando e acabei dormindo no sofá mesmo, acordei no meio da noite com alguém tocando a campainha. Droga! Corri no meu quarto e peguei um roupão, coloquei e fui atender a porta.

Eu: O que você quer? - Falei assim que abri e me deparei com o Justin num estado deplorável, era mais ou menos, 4 horas.
Justin: Vim te dar um beijo meu amor. - Disse me agarrando. Seu hálito era de vodca, com whisky, champanhe e mais um monte de bebidas, que nojo. Ele estava falando mole, e mal conseguia parar em pé. Mas eu não queria ele na minha casa de jeito nenhum, estava com raiva.
Eu: Entra, vou ligar pra Pattie ou Kenny vim te buscar. Não acredito que sua namorada Selena te deixou vim pra cá nesse estado. - Disse irônica, pegando o meu celular. Olhei pra trás e ele tava jogado no sofá e eu parada na frente dele de costas.
Justin: Ô mor, você nunca mais me deu atenção né... - Falou manhoso, me segurando pela cintura, o que me fez cair sentada em seu colo. Droga.
Eu: Justin, licença. - Tentei me levantar, mas ele não soltava.
Justin: Não, fica aqui.. - Me segurou mais forte
Eu: Me solta porra! - Dei um murro em seu peitoral e ele me soltou. Disquei o numero da Pattie e no 3º toque ela atendeu.

Ligação mode on:
Pattie: Oi querida. - Disse com voz de sono, claro.
Eu: Pattie, desculpa te ligar essa hora, é que o Justin chegou bêbado aqui em casa, alguém precisa vim buscá-lo.
Pattie: Ju, você não pode traze-lo? 
Eu: Tá, tá. Tudo bem.
Pattie: Muito obrigada, querida.
Eu: Tchau.
Ligação mode off.

Eu: Droga! - Gritei dando um murro na parede, Justin me olhava assustado. - Levanta daí, vou te levar em casa.
Justin: Você não pode dirigir.
Eu: Mas eu sei dirigir e vou te levar. Vem! - Puxei ele pelo braço, peguei as chaves do outro carro do meu irmão, coloquei um chinelo e tranquei o apartamento. Eu não trocava uma palavra sequer com o Justin, mesmo as vezes ele tentando puxar assunto. - Põe o cinto. - Falei assim que entramos no carro.
Justin: Claro né, até parece que eu iria andar por ai de carro com você dirigindo sem cinto.
Eu: Engraçado, só que não. - Ri ironicamente e aumentei o volume do rádio muito alto, por mais que ele tentasse falar eu não ia ouvir. Fomos assim o caminho inteiro, sorte que não tinha nenhum policial e nem nada. - Chegamos. - Parei o carro na porta de sua casa.
Justin: Não quero ir.
Eu: Vai logo. - Exigi, grossa.
Justin: O que você tem? - Alisou meu rosto. Só com aquilo meus olhos estavam umedecidos  é, eu tava chorando.
Eu: VAI EMBORA E NÃO ME PROCURA MAIS! - Gritei, secando as lágrimas que caiam pelo meu rosto.
Justin: Amanhã eu te ligo. - Saindo do carro. - Eu te amo. - Disse antes de fechar a porta.

Indicando.
http://saindodarealidadeprasonharcomobieber.blogspot.com.br/

Respondendo os comentários.
Mesnina Júlia: Pronto!!
Aleeh Viituriano: Obrigada amorr!
Ana Julia: UHEAUHE que bom que gostou <3
Anônimo: Muito obrigada! s2
Thainara Nadalon: Que amoooorr *-* divas são vocês!! Muito obrigada <3
Ana Carolina: Hehe, que bom q está gostando! <3
Adriana Souza: Bestas né? UEUHEA s2
Jennifer Piuma: Maaaaaano, vocêeeee *-* nem acreditooo!!! Muito muito muito obrigada! Você ta comigo desde o outro blog <3 awnawnawn
Anônimo: Obrigada pela dica, mas a intenção é que eles fossem melosos mesmo! :c
Gabriela: Impressão sua eu acho amooorrr.
Giovanna Neves: Ta aí chará! haha (; <3
Stella: AUHAEUH
Rianna Ornella: çlasksçal, mas brigaram dnv :( muito obrigada s2

Por favor mesninas, continuem lendo e comentando, é mto importante p mim! Aliás, espero que todas estejam gostando!

24/02/2013

California Sky: Capítulo 25 - Sorry

19 comentários: | |
554142_269685449831263_1298526512_n_large
"I'm sorry for breaking all the promises that I wasn't around to keep"
(Sorry - Jonas Brothers)


Santa Monica - Califórnia, segunda-feira, 1:00PM
O sinal para sairmos da escola tinha acabado de bater e eu estava caminhando até a saída enquanto trocava mensagens com Chaz. Fiquei sentada em um banco esperando meus irmãos, mas uma Lamborghini preta que eu conhecia muito bem parou na rua à minha frente e uma pessoa que eu conhecia mais ainda desceu dela, fazendo todos os olhares se voltarem para ele. Justin caminhou até mim e uma multidão de pessoas histéricas se formou ao nosso redor.
Justin: Oi. - Ele disse e sorriu.
Sophie: Oi. - Sorri também.
xxx: Justin, tira uma foto comigo! - Uma menina gritou.
Justin: Eu vou falar com elas e depois falo com você, ok? - Assenti.
Justin ficou dando autógrafos e tirando fotos, enquanto eu observava. Uma coisa eu não podia negar: Justin ama seus fãs.
Matthew: Ah, agora entendi o porque dessa multidão. - Disse sentando do meu lado junto com Mandy. Andrew e Jessie ficaram em pé.
Mandy: Vocês se acertaram?
Sophie: Sei lá. - Dei de ombros. Eu realmente não sabia qual era a minha situação com Justin. Eu o odeio mas também o amo, eu quero e não quero me afastar dele. A única coisa que eu tenho certeza é que eu to confusa.
Justin terminou de atender os fãs e voltou para onde eu estava. A multidão ainda continuava ali, prestando atenção em cada palavra que nós dizíamos.
Justin: Oi pessoal. - Disse sorrindo e cumprimentou cada um que estava ali. - Oi, qual o seu nome? - Ele perguntou para Jessie, depois de abraçá-la.
Jessie: Sou Jessie, namorada do Andrew.
Justin: Ah, não sabia que Andrew namorava.
Andrew: Tem um pouco mais de 1 mês.
Justin: Ah sim. Sophie, quer almoçar comigo? - Perguntou e as pessoas começaram a sussurrar várias coisas sobre "Jophie".
Sophie: Não dá, tenho que levar meus irmãos em casa. - Disse com a esperança de que ele desistisse desse almoço.
Andrew: Você pode nos levar e ir almoçar com ele depois. - O fuzilei com o olhar.
Justin: É, faz isso. Eu preciso muito conversar com você. - Suspirei.
Sophie: Ok, eu vou levar eles e te encontro depois.
Justin: Te mando o endereço por mensagem.
Sophie: Ok, até daqui a pouco então.
Justin: Até. - Disse.

[...]

Depois de deixar todo mundo em suas casas e trocar de roupa, fui para o restaurante onde Justin estaria. Alguns paparazzis já estavam na porta e eu precisei da ajuda de dois seguranças para entrar. Justin estava sentado em uma mesa afastada de todas as janelas, para não ser visto e eu caminhei até lá.
Sophie: Cheguei. - Disse.
Justin: Jura? Não percebi. - Ri ironicamente.
Sophie: Nossa, que engraçado, já pensou em ser humorista? - Ele riu.
Justin: Pior que já. - Ri e me sentei à mesa. - Achei que você não ia aceitar meu convite. - Disse. - Obrigado por ter aceitado.
Sophie: De nada. - Sorri. - Você disse que queria conversar comigo...
Justin: É, eu queria. Ontem eu escutei parte da sua conversa com a minha mãe, mas eu juro que foi sem querer.
Sophie: O que você ouviu? - Perguntei preocupada. Não queria que ele soubesse do meu namoro com Chaz.
Justin: Desde quando minha mãe perguntou como você ficou depois de tudo. - Droga, ele descobriu. - Mas não se preocupe, eu não vou atrapalhar seu namoro e nem vou brigar com o Chaz. Eu sei que o Chaz te faz feliz e não te magoa. - Senti vontade de chorar quando ele disse isso. É claro que ele me fazia feliz quando estávamos juntos.
Sophie: Você me fazia feliz, o problema é que eu não te fazia feliz.
Justin: Eu me sentia a pessoa mais feliz do mundo apenas por estar ao seu lado. - Sorri involuntariamente, mas desmanchei o sorriso rapidamente.
Sophie: Então porque me trocou? Porque aceitou aquela maldita proposta? - Perguntei já sentindo as lágrimas e Justin abaixou a cabeça.
Justin: Eu... eu não sei. Scooter estava me pressionando. - Levantou a cabeça e pude ver que ele também segurava as lágrimas.
Sophie: Olha Justin, eu não quero falar disso. Não quero chorar e sofrer novamente, então vamos mudar de assunto por favor. - Ele assentiu.
Justin: Eu tenho um convite pra te fazer, mas não sei se você vai aceitar. - Disse.
Sophie: O que?
Justin: Quer ir ao Kids Choice Awards comigo?
Sophie: Eu não sei, preciso pensar primeiro. Aparecer com você em uma premiação vai gerar muitas notícias falsas.
Justin: É só desmentir tudo depois.
Sophie: Eu não sei, preciso pensar.
Justin: Pensa com carinho então. - Disse sorrindo.
Sophie: Ok. - Sorri também.
O garçom entregou nosso almoço e nós comemos enquanto ríamos de coisas das nossas infâncias.

[...]

- narrado por Justin B. -
Assim que cheguei em casa, encontrei alguém que eu não esperava. Scooter estava sentado no sofá, assistindo televisão e comendo MEU Doritos.
Justin: O que você tá fazendo aqui? - Perguntei depois de bater a porta da sala.
Scooter: Sua mãe me chamou. - Bufei e já ia sair atrás da minha mãe, mas Scooter me chamou.
Justin: O que é?
Scooter: Queria te pedir desculpa.
Justin: Agora que já estragou minha vida?
Scooter: Me desculpa. Eu errei quando te pedi pra fazer aquilo, te separei da garota que você ama, fiz seus fãs brigarem com você e fiz você procurar felicidade em coisas erradas, mas eu me arrependo amargamente de tudo isso. Por favor, me desculpe. - Suspirei. 
Justin: Eu te desculpo se você pedir desculpa pra Sophie também.
Scooter: Óbvio. Eu a tratei com desprezo.
Justin: Então está desculpado. - Sorri e o abracei.
Scooter: Valeu, bro. Vamos na casa da Sophie agora?
Justin: Pode ser.
- fim da narração do Justin -

Estava fazendo minha lição de casa, mas fui interrompida por batidas na porta. A abri e vi Justin e Scooter.
Justin: Oi, sua mãe deixou a gente subir.
Sophie: Ah sim, entrem. - Dei espaço para eles entrarem.
Justin: Scooter quer falar com você. - Disse.
Sophie: O Scooter? - Perguntei com a sobrancelha arqueada. Como assim o Scooter queria falar comigo? Que eu saiba ele não gosta de mim...
Scooter: Sim. Eu queria te pedir desculpas por ter te tratado mal e ter feito o Justin aceitar aquela proposta. - O olhei assustada. Scooter Braun me pedindo desculpas? Quem diria..
Sophie: Ér... eu não sei o que dizer. - Disse ainda sem saber se aquilo era real.
Justin: Diz que sim. O Scooter é legal. - Ri.
Sophie: Tá, eu te desculpo. - Disse e Scooter veio até mim e me girou no ar.
Scooter: Muuuuuuito obrigada! - Disse ainda me girando e eu ri.
Justin: Não liga pra ele, ele é retardado mesmo.
Scooter: Não sou retardado, sou feliz. - Disse me colocando no chão.
Sophie: Vocês são sempre assim é?
Justin: Só na maioria das vezes. - Ri.
Scooter: Agora eu preciso ir pra casa, tenho compromissos.
Justin: Comer meu Doritos né?
Scooter: Irei te ignorar. Tchau, Sophie. - Disse.
Sophie: Tchau.
Justin: Espera, eu vou com você.
Scooter: Não vai não. - Saiu do quarto e fechou a porta. Justin olhou confuso pra mim e eu olhei pra ele da mesma forma.
Justin: Tá comprovado: Scooter Braun é retardado.
Sophie: Concordo. - Disse.
Justin: Quer ajuda com a lição de casa? - Perguntou sentando na minha cama. Folgado.
Sophie: Não precisa. - Disse.
Justin: O que tem de bom pra fazer aqui? - Perguntou mexendo nas coisas que estavam no meu criado mudo.
Sophie: Nada.
Justin: Alguma coisa tem que ter. - Ele perguntou andando pelo quarto e eu ri com isso.
Sophie: Pode mexer em tudo que não vai achar nada pra fazer.
Justin: Então deixa eu mexer no seu celular?
Sophie: Tá, só não vai apagar nada. - Ele assentiu e sentou na cama com o meu celular na mão. Continuei fazendo o dever de casa e quando terminei fui guardar tudo na mochila, mas Justin começou a rir desesperadamente e eu fui ver o porque.
Sophie: Do que tá rindo? - Perguntei sentando do lado dele e tentando ver a tela do celular.
Justin: Nada não. - Ele escondeu o celular.
Sophie: Justin Bieber, o que você fez aí? - Tomei o celular da mão dele enquanto ele ainda ria. O meu Twitter estava aberto e minha foto do perfil era uma foto minha fazendo careta que eu nem sabia que existia. Vi que tinha vários tweets novos que não foram feitos por mim.

"#ConfessionsTime I still pee in bed."
"#ConfessionsTime My secret skill is to make music with the sound of fart."
"#ConfessionsTime I dreamed I was flying a hang glider with a monkey."
"I'm the luckiest person in the world for being a friend of Justin. He is the best and I love him very much."
"@ChazSom3rs Hi sweetie honey, my pretty baby, my reason to live. I love u very much."
"U guys love me? I need LOOOOOOOOVE!"
"I am pregnant... Joke."
"#HackedByBieber"

Sophie: PUTA QUE PARIU, BIEBER! QUAL O SEU PROBLEMA? - Gritei enquanto Justin até rolava na cama de tanto rir.
Justin: O melhor de tudo foi seus followers perguntando se era verdade. - Disse rindo.
Sophie: Você é muito idiota. Isso vai ter volta ok? E eu não irei esquecer.
Justin: Nossa, que perigosa você.
Sophie: Vai brincando, vai. - Disse enquanto twittava:
"Everything that has been said here is LIE. An idiot was playing on my phone."
Justin: Ui, que medinho. - Mandei dedo pra ele e ele riu. Senti meu celular vibrar e era uma mensagem do Chaz.
"Skype now."
Bosta, Chaz deve ter visto os tweets do Justin.
Sophie: Viu o que você fez. Chaz ficou bravo comigo. - Disse enquanto ia ligar o notebook.
Justin: Sério? Desculpa, não era a minha intenção.
Sophie: Tá. Olha, eu vou fazer uma chamada de vídeo com o Chaz, então fica ali do lado até eu explicar tudo pra ele. - Justin assentiu e sentou na minha poltrona. 
Liguei o Skype e encontrei Chaz com uma cara nada boa. Fudeu.

Aqui estou eu \o/
Preciso ir dormir então irei responder os comentários logo:
Canadians Boys: Muito obrigada diva :)
Mundo Swag: Muito obrigada por comentar e eu to sem tempo, então me segue lá que depois eu te sigo: @BieberIsAngel_ / @Beeatriiz_JB
BolgStar: Obrigada :)
Midi dos Santos: Obrigada por comentar e eu não sou linda '-'
nataiza naiza: Muito obrigada :)
Anônimo1: Obrigada :)
Thalita Lisboa: Não desista ^^  Muito obrigada por comentar :D
Rianna Ornella: Não acho minha IB's perfeitas, mas fico feliz que vocês acham *-* Sério que você não é Belieber? Me sinto honrada por você gostar das minhas IB's sem ser Belieber *ooo* E muito obrigada por comentar e por ler o meu blog haha
Line Silva: Muito obrigada e não precisa se desculpar ^^
Anônimo2: Obrigada *-*
ADRIELLE: Muito obrigada e comente sim, gosto de falar com vocês (:
Pequena do Justin: Muito obrigada diva <3
Ana Carolina: Continuei :)
Sari: Continuei :)
Desculpa por não responder vocês melhor, é que eu realmente tenho que ir. Não esqueçam de comentar e falem comigo pelo ask ;)
Até o próximo ;*

7 Things: You look like children.

14 comentários: | |

Everyone knows I'm in over my head, 
with eight seconds left in overtime she's on your mind...
image

Pattie e Lucas estavam parados em pé atrás dele, alguns pacientes, acompanhantes e enfermeiros nos olhavam e tiravam fotos, mas Justin parecia não se importar.
Eu já tava chorando, aquilo era perfeito.
Ele enfrentou todos por mim.

Justin: Meu amor, você aceita namorar comigo? - Sorriu verdadeiramente, aquele sorriso lindo dele.
Eu: É claro vida! É o que eu sempre quis! - Me abaixei na frente dele e o beijei. O beijo dele era o melhor, fazia todos os meus problemas sumirem, me relaxava por inteira. 
Justin: Vem cá amor. - Disse me entregando o buquê de flores e tirando o anel da caixinha - Deixa eu por em você! - Eu não conseguia parar de sorrir. Selei nossos lábios e estiquei minha mão pra ele colocar. Ele colocou e depositou um beijo no meu dedo, em cima da aliança. Queria colocar nele também mas ele já tava com a dele :(
Eu: Tô tão feliz bebê! - Levantamos e ele abraçou minha cintura
Justin: Eu também meu amor, eu também. - Sussurrou
Eu: Vamos comemorar? - Desfiz o abraço
Justin: Calma, você vai dormir aqui essa noite, esqueceu?
Eu: É, tinha esquecido! - Ri fraco
Justin: E eu vou dormir aqui com você. Já recebi alta, mas não vou deixar minha bebê sozinha! - Sorri e dei um selinho rápido nele.
Lucas: E aí mana, ta melhor? - Disse me abraçando
Eu: Tô Lu, nossos pais já sabem?
Lucas: Sim, eles queriam vim pra cá mas eu falei pra eles ficarem tranquilos, quando você sair daqui liga pra eles.
Eu: Tudo bem. - Assenti
Lucas: Bom, eu e a Pattie vamos embora já que o Justin vai ficar, ok?
Eu: Uhum.
Pattie: Tchau querida, amanhã eu volto! - Sorriu e me abraçou
Eu: Tchau Pattie, obrigada! - Retribui o abraço
Lucas: Tchau maninha! - Me deu um beijo na testa - Cuida dela mano! - Fez um toque lá com o Justin e saiu com a Pattie. Entrei no quarto com o Justin, que deitou no sofá e ficou mexendo no seu notebook, eu deitei na cama e fiquei assistindo tv, mas não demorou muito pra nos incomodarem.
Enfermeira: Vou colocar você no soro, ok? - Disse assim que entrou no quarto, assenti, nem um pouco contente.
Justin: Que horas chega a janta?
Enfermeira: Ainda não trouxeram? - Colocando o soro
Justin: Não, to com fome. - Rimos. Justin, sempre esfomeado.
Enfermeira: Já trago então. - Sorriu simpática - Pronto, dona Juliana. Com licença. - Sorri e ela saiu do quarto.
Justin: Ai mor, to com fome.
Eu: Calma gordo! Daqui a pouco a janta chega! - Ele fez uma carinha de dó e eu fiquei rindo. - Esfomeado!
Justin: Para de ser ruim mor! - Continuou mexendo no note - Ô mor...
Eu: Que?
Justin: O Brasil é legal? Tipo, eu não conheci
Eu: Muito legal amor. - Fui interrompida por alguém que batia na porta do quarto - Entra!
Enfermeira: - Entrou com tipo de um "carrinho" com 2 bandejas - Aqui está!
Eu: Obrigada. - Ela assentiu e saiu do quarto.
Justin: FINALMEEEENTEEEE! - Gritou e correu até o carrinho, o que me fez rir. Me ajudou a levantar e nos sentamos á mesa. - Nossa, isso ta bom né amor?! - Assenti. - Cara, como eu amo comer!! - Disse de boca cheia
Eu: Acho que já percebi isso! - Riu - Ai, quero ir embora logo!
Justin: Ó, amor, amanhã a noite tenho um show aqui em Los Angeles, você vai comigo, né?!
Eu: Mas já? Você acabou de se recuperar Just... - Me interrompeu
Justin: Isso aí, já me recuperei! - Exclamou.
Eu: Tudo bem então. Eu vou.
Justin: Ótimo mor. Tô com sono! 
Eu: Você só come e dorme né?!
Justin: Basicamente isso! - Rimos - Vamos dormir?
Eu: Vai escovar os dentes primeiro.
Justin: Ah, to com preguiça... - Fez uma carinha triste, enquanto eu levantei, fui ao banheiro e escovei os dentes.
Eu: Bom, então vai ficar sem beijo. Boa noite! - Falei enquanto me deitava na "cama", sorrindo sarcasticamente. 
Justin: Que mancada, Juliana! - Disse se levantando e indo pro banheiro. Uns 5 minutos depois ele voltou e parou do lado da cama. - Ganho um beijo agora?
Eu: Hmmmm.. - Dei um espaço pra ele se sentar, ele sentou na cama e se curvou pra me beijar. Sorri e selei nossos lábios, imediatamente a língua dele pediu passagem e eu cedi, a lingua dele explorava cada canto da minha boca e eu não queria parar de beijá-lo nunca, nunca, nunca. Mas infelizmente aquele negocio de "falta de ar" existe.
Justin: Mor, posso dormir na cama com você?
Eu: Você ta muito gordo, não cabe aqui!
Justin: Ah é?!
Eu: Uhum.
Justin: Babaca.
Eu: Me ama. Mas, falando sério, é melhor não bebê, se não o médico entra aqui e tal.
Justin: Mas mor, você sai amanhã bem cedo. - Insistiu.
Eu: Mas a enfermeira vem quando o soro acabar meu amor. Quando eu tiver alta, vamos dormir juntos sempre, para com isso.
Justin: Tudo bem. - Lamentou - Boa noite. - Me deu um beijo na testa - Amo você.
Eu: Eu te amo muito mais meu amor, boa noite. - Sorri de canto e me cobri, logo Justin deitou  no sofá, o que me deixou com dó! Mas dormimos com uma certa facilidade.

Justin narrando:

Fui acordado pela enfermeira, que pediu pra eu ir assinar a "alta" da Ju. Assinei e voltei pro quarto, a linda da minha namorada ainda tava dormindo, mas eu sabia que quando soubesse que teve alta, ela ficaria feliz.

Eu: Amor, acorda. - Dei um beijo na testa dela
Ju: ahhh não.. - Resmungou, ainda de olhos fechados
Eu: Ah, então ta bom, eu acabei de assinar sua alta mas já que você quer ficar aí...
Ju: O que??? Assinou minha alta??? - Disse levantando de pressa - Finalmente! - Exclamou feliz, me deu um selinho rápido, abriu o armário e pegou algumas roupas e foi correndo pro banheiro. Ri do desespero dela e como eu ja tava pronto, fiquei arrumando as coisas na mala dela. - Tô gata mor? - Disse assim que saiu do banheiro..
Eu: Ta linda pequena! Vamos? - Ela assentiu, peguei a mala, entrelacei nossas mãos e saimos andando até o estacionamento do hospital, onde tava meu carro.
Ju: Ô bebê, compra uma coxinha pra mim? 
Eu: Mas, onde mor? Vai tumultuar muito.
Ju: Tá, tudo bem então.. - Não, não tava tudo bem, e eu sabia. Eu teria que arrumar um jeito de comprar essa coxinha!
Eu: Tá, olha pequena, a gente chega em casa, e eu falo pra cozinheira fazer, ok?
Ju: Ebaa! - Falou sorrindo, cara, que boba.
Eu: Ô mor, o show começa as 20h, 17h eu tenho que estar lá, ok?
Ju: Ta bom vida, vai ter M&G hoje?
Eu: Aham, e seria legal se você fosse.
Ju: Tudo bem. - Sorriu, logo chegamos em casa.

Entramos e blábláblá, conversamos com a minha mãe, ela ficou mimando a Ju enquanto eu fiquei jogando Xbox sozinho. Depois pediram pra eu levar elas na casa da Ju pra escolher a roupa do show de hoje. Chato! 
Elas foram fofocando o caminho inteiro, mal falaram comigo. Pelo menos quando chegamos na casa da Ju, fiquei jogando xbox com o Lucas e a empregada fez o almoço, comemos e depois voltamos a jogar, enquanto minha namorada e minha mãe faziam sei lá o que.
Quando no meu relógio marcava 16h, elas apareceram.
Ju tava linda (imaginem com um vans preto ou de oncinha), acho que ja tava pronta pro show.

Lucas: Onde você vai mana? - Falou sem desviar atenção do jogo
Ju: Hoje tem show maninho.
Eu: Quer ir brô? Eu tenho que estar lá 17h, mas começa as 20h.
Lucas: Beleza, vou colar lá.
Ju: Vai com a gente mano?
Lucas: Aham, melhor eu ir me arrumar. - Disse pausando o jogo - Já volto brô.
Eu: Suave.
Ju: Mor, vou jogar contigo um pouco.
Eu: Vai perder fácil.
Ju: Você que pensa! - Começamos a jogar e minha mãe ficou lendo uma revista. - AAAAAAAAH, GANHEI!!!!!! - Gritou comemorando
Eu: Você roubou!! - Falei inconformado
Ju: Não roubei não.
Eu: Roubou sim.
Ju: Admite que eu sou boa!
Eu: Roubando é fácil.
Ju: Não roubei.
Eu: Roubou.
Ju: Invejoso.
Eu: Ladrona.
Ju: Sua bunda.
Eu: Aff.
Ju: Aff mesmo.
Pattie: Vocês parecem criança.
Ju: Seu filho aí.
Eu: Não sou criança.
Ju: Mas se comporta como uma.
Eu: Me chupa, Juliana.
Pattie-Ju: JUSTIN! - Ri delas me repreendendo. 
Eu: Tá, foi mal. 
Lucas: To pronto.
Eu: Bora?
Lucas: Bora! - Peguei a chave do carro e descemos. Foi a maior briga pra decidir quem iria em qual lugar, porque a Juliana e o Lucas queriam ir na frente. Coisas de irmão. Mas acabou que a Ju foi na frente comigo, claro.
Quando chegamos em casa, tomei banho e me arrumei pro M&G, minha mãe, Lucas e a Ju já me esperavam. Resolvemos ir com a Land Rover mesmo, Kendall, meu motorista nos deixou lá no lugar.

Tinha bastante fãs esperando, então tirei foto com algumas delas e entrei no M&G. Atendi todas as fãs, algumas eram até engraçadas. Recebi cartas, ursinhos e mais um monte de coisa, a Ju apareceu lá por uns 10 minutos e tirou foto com 3 fãs.

Pronto, acabado o M&G, fui me arrumar pro show, que seria no mesmo lugar.


Tá, esse capítulo não ficou bom e blábláblá,
eu sei.
Massss, foi porque eu tive que fazer um trabalho enorme de química que ferrou com TODO os alunos do 1º colegial da minha escola, cara, vocês não tão entendendo! Tava MUITO complicado, e eu não sou mto boa em química.
Porém, amanhã não irei pra academia pra ter mais tempo de escrever e postar um capítulo bom p vocês! Ok?
Enfim, desculpa mesmo gente. :(
Por favor, comentem!
beijos <3