31/01/2013

Famous On YouTube: Carson Lueders

8 comentários: | |

Carson James Lueders é um americano de 11 anos (26 de julho de 2001) que canta e toca violão desde os 5 anos de idade. Nasceu no estado de Washington nos Estados Unidos e mora lá até hoje.
Seu primeiro vídeo foi postado por uma estação de rádio local, a Kix 96, onde ele se apresentou quando tinha 6 anos. Depois desse vídeo, os pais de Carson começaram a fazer uploads de vídeos dele se apresentando ou apenas cantando em casa.
Desde que o canal de Carson no YouTube começou, ele já conseguiu mais de 33 mil assinantes e mais de 5 milhões de visualizações nos seus vídeos.
Carson já foi convidado para ir ao Teen Choice Awards, em Los Angeles, onde experimentou a loucura do tapete vermelho e ficou a poucos metros de várias celebridades.
"O Teen Choice Awards foi muito bom. Foi muito divertido ver as celebridades em pessoa e perto, foi divertido vê-los, como Flo Rida, Justin Bieber, Selena Gomez, Carly Rae Jepsen, Ellen DeGeneres, Taylor Swift e mais um monte de famosos." - Carson.

Alguns vídeos dele:

Cover de Say Somethin do Austin Mahone

Cover de As Long As You Love Me do Justin Bieber

Cover de Waiting Outside The Lines do Greyson Chance

Cover de Wish U Were Here do Cody Simpson

Algumas fotos:


Redes Sociais:

- Vlog

REPOSTANDO: Never Forget You - Capítulo 11 - FINAL

4 comentários: | |


Hoje ia ter uma festa de uma revista brasileira e, é claro, Justin foi convidado. Greyson e Selena também foram. Já estava quase na hora e eu estava me arrumando. Já tinha tomado banho e estava trocando de roupa. Depois fiz um make e fiz um penteado.
"Até que não está tão ruim." - Disse para mim mesma enquanto me olhava no espelho. Justin já tinha se arrumado e estava no quarto de Kenny me esperando. Fui até o quarto. Kenny abriu a porta.
Kenny: Angelina, você está linda. Justin é um cara de sorte. - Ele sorriu. Kenny é muito simpático.
Angelina: Obrigada Kenny. Você também está muito bonito. - Eu o abracei. - Cadê o Biebs?
Kenny: Está jogando videogame. Entra. - Ele me deu passagem.
Angelina: Vamos Biebs? – Ele se virou e ficou de boca aberta quando me viu, me fazendo corar.
Justin: Uau Angel. Você está muito linda. - Ele me deu um selinho e me abraçou.
AngelinaObrigada amor. - Sorri.
Nós fomos em um carro que Kenny alugou. O local da festa estava lotado. Imagine fãs brasileiros do Justin, da Selena, do Greyson e de alguns artistas brasileiros tudo juntos em um só lugar? Então. Foi isso que aconteceu. Já imagina a dificuldade pra sair do carro né? Fiquei com dó dos seguranças. Até o Kenny foi agarrado. Depois de muita dificuldade conseguimos entrar. Lá dentro tinha um tapete vermelho e nós tínhamos que ficar parados lá para tirar fotos. Eu odeio tirar foto, mas fazer o que né. Quando terminou as fotos, nós entramos na festa. Já estava bem animado e muitas pessoas dançavam. É claro que eu e Justin também fomos dançar.
AngelinaBiebs, vou pegar uma bebida. Quer uma também? - Disse depois de dançarmos várias músicas.
Justin: Quero sim. Vou sentar naquela mesa ali. - Ele apontou para uma mesa vazia.
AngelinaTudo bem. - Dei um selinho nele e fui buscar a bebida. Estava cheio e o pior de tudo era que o barman não sabia falar inglês e nem eu sabia falar português. Tive que fazer uns sinais loucos com as mãos e depois de muito custo ele conseguiu entender e me deu as bebidas. Eu estava voltando pra mesa e não acreditou no que estava vendo. Selena e Justin se beijando?
AngelinaJustin? O que é isso? E eu pensei que você estava falando a verdade quando disse que me amava. - Saí correndo dali e estava chorando muito. Como ele pode fazer isso comigo?
Justin: Angelina, espera. - Pude escutar ele gritar e correr atras de mim, mas eu já estava longe e ele não podia sair dali até achar Kenny. Foi difícil passar no meio daquele monte de fãs, mas eu consegui. Quando saí tinha um táxi parado lá em frente. Eu o peguei e voltei para o hotel. Subi correndo e entrei no quarto. Me joguei na cama e não conseguia parar de chorar. Como uma pessoa pode mentir tanto à ponto de fazer isso? Eu o amava, não, eu ainda o amo. E muito. Eu quero voltar pro Canadá. Não posso mais ficar aqui com Justin. Depois de tanto chorar, acabei adormecendo.
~narrado por Justin Bieber~
Eu estava sentado, esperando Angelina e algumas pessoas vinham me cumprimentar. Greyson ficou aqui conversando um pouco comigo e depois chegou Selena. A presença dela não me faz bem.
Selena: Oi Justin. Cadê sua namoradinha esquisita? - Selena disse toda oferecida.
JB: A minha namorada que é linda e é tudo pra mim foi buscar bebidas pra gente.
Selena: Cada um tem seu gosto né.
JB: Com certeza.
Selena: Já te disse como você está lindo Justin? Você me impressiona cada vez mais. - Ela se aproximava de mim.
JB: Obrigado. Você também está linda e por fa... - Antes que eu terminasse de falar, ela me beijou. Eu correspondi ao beijo? Por que eu fiz isso? Tudo bem que eu sou homem e tenho meus instintos, mas não podia fazer isso. Eu parti o beijo, mas era tarde demais. Angelina já estava chorando e saiu correndo. E agora? Cadê o Kenny? Avistei ele com uma mulher e corri até ele.
JB: Kenny, vamos embora por favor. Rápido. - Eu estava chorando.
Kenny: Tudo bem, mas antes me diga o que aconteceu. - Ele estava preocupado. Eu chorava muito.
JB: Eu perdi a razão pela qual eu vivo. Eu sou um estúpido Kenny.
Fomos embora e no caminho eu contei tudo o que aconteceu para Kenny.
JB: Porque eu fui tão estupido Kenny? Porque eu me deixei levar pelas tentações da Selena?
Kenny: Po cara, você vacilou mesmo, mas tenho certeza que ela vai te perdoar.
JB: Tomara, senão eu não sei o que vai ser de mim.
Chegamos no hotel e eu subi correndo. Angelina estava dormindo. Deve ter cansado de chorar. Eu sou um imbecil. Magoei a pessoa que eu mais amo. Sentei no sofá e pensei sobre tudo. As lágrimas não paravam de cair. Fui pra sacada do hotel e algumas fãs estavam lá embaixo, com certeza elas me viram sair chorando. Elas gritaram quando eu apareci e eu comecei a cantar U Smile e elas me acompanharam.
AngelinaJustin? – Ela acordou.
JB: Desculpa. Cantar para as minhas fãs me deixa mais alegre. - Sentei na poltrona que ficava do lado da cama.
AngelinaJustin, eu quero voltar pro Canadá. - Ela sentou na cama e passou as mãos no cabelo.
JB: Deixa eu me explicar por favor. - Nós dois ainda chorávamos.
AngelinaJustin, eu cansei de me iludir com suas mentiras. Se você me ama, por favor, vamos voltar pro Canadá.
JB: Por favor, não faz isso. Eu te amo.
AngelinaJustin, não faz isso você. Para de me iludir. Eu achei que dessa vez ia ser diferente. Que nada ia nos atrapalhar. - Ela deitou novamente e virou de costas pra mim. Eu podia escutar ela chorar.
JB: Ok. Vou pedir pro Kenny comprar as passagens. Voltamos amanha. - Fui para o quarto de Kenny e decidi dormir lá. No quarto de Kenny tinha duas camas. Eu deitei em uma e não tinha vontade de levantar pra nada. Eu estava morrendo por dentro.
~fim da narração de Justin Bieber~
~Angelina narrando~
Minha vida estava arruinada. Perdi o Justin e nesse exato momento eu estou voltando para o Canadá. Estou sentada do lado de Justin e isso não me faz bem. Peguei meu iPhone e escutei algumas músicas, até que caí no sono.
Justin: Angelina, acorda. Já chegamos. - Justin me chacoalhava de leve.
Angelina: Já? Que bom. - Saí andando, sem nem olhar direito na cara dele. Eu não gostava de fazer isso com ele, mas se não fizesse ele ia achar que pode fazer o que quer comigo. Eu segui Justin e Kenny até o táxi e fui pra casa.
Justin: Angelina, eu vou te pedir mais uma vez. Por favor, deixa eu me explicar. Eu te amo demais. - Ele disse enquanto estávamos parados em frente a minha casa.
AngelinaJustin, eu vou pensar se quero te ouvir ou não. Depois eu falo com você. - E entrei em casa.
AngelinaMÃAAE CHEGUEI. - Eu gritei e subi correndo. Minha mãe estava no quarto, entrei chorando e deitei na cama dela.
Sophie: Já? O que aconteceu filha? - Ela sentou do meu lado e mexia no meu cabelo.
AngelinaAcabou mãe. Eu e Justin terminamos.
Sophie: Porque filha? Voces estavam tão bem.
AngelinaEstavamos mãe. Eu vi Justin beijando Selena.
Sophie: E o que ele disse sobre isso?
AngelinaNada. Eu não quis ouvi-lo. Cansei de ser iludida.
Sophie: Eu acho que você deveria ouvi-lo. Com certeza ele não faria isso de proposito.
AngelinaAcho que vou ouví-lo mãe. Eu não aguento ficar sem ele.
Sophie: Faça isso. - Peguei o celular e liguei para Justin. Ele atendeu no primeiro toque. Eu o convidou para ir na minha casa e em menos de 2 minutos ele estava lá. Então nós fomos pro meu quarto.
AngelinaJustin, eu decidi te ouvir.
Justin: Muito obrigada Angel. -Sorriu. - Bom, acho que vou começar a falar.
AngelinaComece.
Justin: Quando você foi buscar bebidas, eu fiquei sentado e então várias pessoas foram falar comigo, inclusive Selena. Ela começou a me elogiar e do nada ela me beijou. Eu admito que correspondi ao beijo, mas depois eu me dei conta do que estava fazendo e que eu não podia te perder, então parti o beijo, mas já era tarde demais. Você já tinha visto e tinha saído correndo. Então eu desabei em lágrimas e fui atras de voce. Eu sou um estupido mesmo. Mas Angel, eu me arrependo de tudo. Eu nunca devia ter ido naquela festa. Por causa dela eu perdi a razão pela qual eu vivo. Você.
AngelinaJustin, eu não sei se deveria te perdoar, mas essa história parece muito real.
Justin: É real.
AngelinaEu sei o quanto é dificil ser o adolescente mais famoso do mundo. Muitas pessoas querem ficar com voce por interesse. Eu decidi te perdoar. Você é tudo pra mim. - Ele sorriu e me beijou. Como é bom sentir esse beijo novamente.
2 meses depois.
Eu e Justin nunca estivemos tão bem, mas infelizmente Justin vai começar uma nova turnê mundial. Mais uma vez eu vou ficar sem ele. A campainha tocou e eu atendi.
Justin: Meu amor, eu tenho uma ótima noticia. - Justin me deu um selinho assim que abri a porta.
AngelinaConta logo então. - Disse animada e ele riu.
Justin: Eu falei com Scooter e ele disse que você pode fazer a turnê conosco. Você quer?
AngelinaJustin, é tudo que eu mais quero, mas eu não posso deixar minha mãe sozinha.
Justin: Ela vai conosco. Vamos ficar todos juntos. Eu, você, minha mãe, sua mãe e toda a minha equipe.
AngelinaEntão eu quero, mas ainda temos que falar com a minha mãe.
Nós fomos até a sala, onde minha mãe estava vendo TV.
AngelinaMãe, eu e o Justin queremos te pedir uma coisa.
Shophie: Pode falar queridos.
Justin: Como a senhora deve saber, eu vou começar uma nova turnê daqui há 2 semanas. A Angelina já terminou o colegial e daqui há alguns dias ela vai ser maior de idade. Então eu e minha mãe adorariamos que vocês duas acompanhassem a gente na turne.
Sophie: Mas e meu trabalho?
Justin: Você pode trabalhar pra mim.
Sophie: Então eu acho que seria uma ótima ideia. Nós podemos te acompanhar na turnê. - Justin me pegou no colo e me girou. nós estávamos muito felizes, principalmente eu. Iria conhecer vários lugares do mundo junto com Justin e minha mãe.
2 semanas depois.
Hoje começa a turnê de Justin. Estamos no Japão onde vai acontecer 2 shows. Estamos muito animados. Todos estamos felizes. Minha mãe, Pattie e Carin não se largam. Elas estão sempre juntas conversando. E claro, eu e Justin também não. Nós estamos querendo comprar uma casa pra nós dois no Canadá. Eu não poderia estar mais feliz. Sonhos realmente podem se tornar realidade, é só você acreditar. Como Justin diz:
NEVERSAYNEVER

30/01/2013

Aviso /Bia

2 comentários: | |

Desculpa, tenho Crisma hoje e não vai dar pra postar. Eu postei o Imagine BeadlesBabe ontem, se quiserem ler o link é esse.  Até amanhã ;*

29/01/2013

California Sky: Capítulo 19 - Without Sadness

26 comentários: | |
Tumblr_m0p7fkrdit1qjf8mgo1_500_large
"I like how your eyes complementing you hair"
(Love Me Like You Do - Justin Bieber)

Santa Monica - Califórnia, sábado, 2:20PM
Sim, eu estava na cama até 2 horas da tarde. Eu não tinha mais lágrimas e não tinha mais forças pra nada. As palavras do Justin ontem me deixaram pior do eu já estava e eu desejava nunca ter o conhecido. Vi hoje na televisão que ele chegou em Nova York e que de madrugada vai viajar para Londres com a sua nova namorada Selena Gomez. Isso foi pior do que se tivessem enfiado uma faca em mim. Pode parecer exagerado, mas é o que eu to sentindo nesse momento.
De repente meus irmãos entraram no quarto segurando uma bandeja de comida e colocaram em cima de mim.
Sophie: Então... o que é isso?
Matthew: Nós fizemos pra você comer.
Sophie: Vocês fizeram? Até parece.
Andrew: Tá, nós compramos, mas tá delicioso, pode comer.
Sophie: Como sabem que tá delicioso? Vocês comeram minha comida?
Matthew: Não, nós compramos pra gente também.
Andrew: Come logo e para de enrolar.
Sophie: Mas eu não quero comer.
Matthew: Come logo ou vamos te obrigar. - Revirei os olhos. Até que estava bom, apesar de eu não sentir vontade de comer.
Andrew: Termina de comer e se arruma porque o Chaz vai vim aqui.
Sophie: Vai? Ele não falou nada comigo.
Matthew: Nós chamamos ele tem uns 10 minutos.
Sophie: Vocês chamaram ele sem me avisar?
Andrew: Para de drama, Sophie. Nós só queremos te ver bem.
Sophie: Desculpa.
Andrew: Tá tudo bem... Nós vamos descer, aí você vai depois. - Assenti e eles saíram. Terminei de comer enquanto pensava em tudo e segurava as lágrimas, fui até o banheiro e tomei um banho quente e rápido, fui até o closet e me vesti.
Desci a escada lentamente, carregando a bandeja suja e fui até a cozinha. Tinha uma mulher lá e eu me assustei. Quase deixei a bandeja cair.
Sophie: Quem é você? - Disse com a mão no peito, regularizando minha respiração.
xxx: Sou Daniela. Sua mãe me contratou como empregada. - Sorriu.
Sophie: Ah... seja bem-vinda então. - Sorri e coloquei a bandeja em cima da pia, saindo da cozinha em seguida. Matthew estava na sala junto com Mandy e quando eu a vi corri até ela.
Sophie: Maaaaaandy! Que saudades! - Me joguei em cima dela, que riu junto comigo.
Mandy: Só eu vindo aqui mesmo pra te ver né.
Sophie: Desculpa, é que aconteceram umas coisas. - Sentei direito no sofá e senti meus olhos encherem de lágrima ao lembrar de tudo que aconteceu.
Mandy: Eu to sabendo do que aconteceu e to preocupada com você e com o Justin. - Disse lançando um olhar de preocupação pra mim.
Sophie: Ele tá bem, com certeza. - Sorri sem ânimo.
Mandy: Tenho certeza que não, parece que ele realmente te ama. - Não respondi. Se começasse a falar disso iria chorar. Mandy me abraçou e eu soltei um suspiro.
Sophie: Olha, não quero que abandone seu ídolo por minha causa. - Disse quando nos separamos.
Mandy: Não irei. As fãs de verdade sempre irão continuar com os ídolos apesar do que eles façam. - Ela sorriu e eu sorri também. Acho lindo o amor de uma fã. E se tem uma coisa que eu não posso negar é que o Justin realmente ama suas fãs. Elas estão sempre em primeiro lugar pra ele e eu o admiro muito por isso. Só por isso...
Mandy: A gente podia ir no shopping. Comprar sempre ajuda a esquecer os problemas.
Sophie: Não dá, o Chaz tá vindo pra cá.
Matthew: Pode ir, eu explico pra ele e tenho certeza que ele vai entender. - Matthew decidiu dar sinal de vida e eu concordei.
Sophie: Ok, só deixa eu pegar meu cartão e a chave do carro. - Ela assentiu e eu fui correndo até o meu quarto. Peguei o que precisaria e desci correndo novamente, dando de cara com uma cena surpreendente que quase me fez cair da escada. Matthew e Mandy estavam se beijando! Não quis atrapalhar, então voltei pro meu quarto e fiquei alguns minutos lá vendo o mar pela janela, mas comecei a pensar nele e decidi descer. Os dois estavam sentados no sofá, afastados e olhando fixamente para a televisão. Ri com isso e me aproximei deles.
Sophie: Então.. vamos? - Perguntei.
Mandy: Sim, claro. - Levantou num pulo e ficou do meu lado, o que me fez rir. - Er... tchau, Matt. - Hmmmm, então já tem apelidinhos né? Ri com isso, o que fez eles me olharem confusos. Dei de ombros e comecei a caminhar até a garagem, com Mandy me seguindo. Entramos no carro e eu dei a partida, dirigindo rumo ao shopping.
Sophie: Então.. você e o meu irmão né? - Disse e ela corou.
Mandy: É... ele me beijou.
Sophie: E você gostou né safadinha? - Ela corou mais ainda e eu ri.
Mandy: Que tal mudar de assunto? - Ri novamente.
Sophie: Ok. Fez o que esses dias que a gente não se viu?
Mandy: Saí com os meus amigos. E você eu nem preciso perguntar. Dando uns pegas no Justin e no Chaz né?
Sophie: Como sabe que eu fiquei com o Chaz?
Mandy: As notícias correm rápido no mundo dos famosos. - Ri fraco. - Ele beija bem? - Perguntou animada.
Sophie: Sim. Disse que me ama, mas eu amo o Justin, não quero iludir ele.
Mandy: Eu acho que você deveria dar uma chance ao Chaz. O Justin te ama sim e eu não quero ver ele sofrer, mas ele foi embora né. Dê uma chance ao Chaz, se você ver que não é isso que você quer, você conversa com ele e explica tudo. Tenho certeza que ele vai entender.
Sophie: Eu não sei. To deixando acontecer sabe? Não quero fazer Chaz sofrer. - Ela assentiu e nós continuamos o caminho conversando sobre coisas bobas. Assim que chegamos no shopping, eu coloquei o carro no estacionamento e seguimos para as nossas compras, que pra mim não seria muito grande porque meu cartão de crédito tem limite, infelizmente.
Começamos a andar pelo shopping enorme de Santa Monica e paramos em quase todas as lojas. Comprei várias coisas que estava precisando.

[...]
6:20PM
Quando voltamos pra casa Mandy foi levar as sacolas dela em casa e eu fui estacionar o carro na garagem. Até aí tudo bem né? Vai vendo só...
A porta da garagem ficava na cozinha, que estava com as luzes toda apagadas, então eu fui toda feliz e entrei, dando de cara com três monstros horrorosos, sujos de sangue e olhando fixamente pra mim, então saí correndo de volta pra garagem e corri pro quintal, gritando que nem uma maluca, mas parei quando ouvi risadas altas e conhecidas.
Sophie: PORRA! VOCÊS TÃO DOIDOS? QUASE TIVE UMA PARADA CARDÍACA! - Gritei e fui até eles, pronta para matar eles, mas eles saíram correndo.
Chaz: Precisava ver sua cara. - Disse rindo e tirando a máscara horrorosa que estava usando.
Sophie: Até você Chaz? Que bonito heim... - Ele riu.
Andrew: Esse foi o troco por ter colocado os sapos nas nossas camas. Ou você pensava que a gente tinha esquecido?
Sophie: Claro que não achei que tivessem esquecido. - Sim, eu achei que eles tivessem esquecido, problem?
Matthew: Agora chega de vinganças porque to morrendo nessa fantasia. - Disse e saiu, indo pra dentro de casa.
Andrew: Também. Vou entrar. - Antes que eu pudesse dizer algo ele saiu, me deixando ali com Chaz.
Chaz: Eu quero te levar em um lugar. Aceita?
Sophie: Aham. Pode adiantar onde é?
Chaz: Não, só não vá de salto. - Revirei os olhos, mas assenti. - Eu vou lá dentro tirar isso - Apontou pra fantasia que usava - e vou pra casa. Te pego às 7:30PM.
Sophie: Ok. - Sorri.
Fomos para dentro de casa e Chaz trocou a roupa no meu banheiro, enquanto eu guardava as coisas que tinha comprado. Me despedi dele com um abraço apenas e fui tomar banho, aliás eu tenho menos de uma hora pra me arrumar.


Chato e sem nada de "especial", mas pelo menos foi um dia divertido pra Sophie. Ela não ficou pensando no Justin e sofrendo :)
E sobre a demora: eu admito, foi por pura preguiça. Ultimamente tenho estado com preguiça de escrever os capítulos e to me esforçando muito pra escrevê-los. Quando to escrevendo, acabo achando um blog legal e perco horas lendo. Só escrevo mesmo porque tenho leitoras divas, lindas e maravilhosas que não podem ficar na curiosidade <3
Enfiiiiiim, vou responder os comentários:
Thalita Lisboa: Tá viva ainda? G_G Desculpa a demora :(   Muito obrigada pelo comentários DIVO, você é muito fofa *----*
Raphaella *-*: Continuei já linda :)
Cami: Obrigada e já continuei :)
Midi dos Santos: Awwwwwwn, muito obrigada *-----* Continuei já (:
Canadians Boys: Mande meu presente u_u   E eu NÃO sou diva! Você que é, já disse (: Obrigada por comentar.
Evellyn Martins: Obrigada pelo parabéns, mas eu ainda vou postar antes do meu aniversário haha  Obrigada por comentar também :]
Imagine Belieber.: PARA TUDO! Eu tenho uma fã?! É isso mesmo?! OMB, que emoção *o*  Vou ver se uso sua ideia ok, fã? (ai que emoção *-*)  Muuuuuito obrigada por comentar e por ser tão fofa [:
Pequena do Justin: A Selena não queria falar com ele não rsrsrs Ela só chamou ele porque ele passou correndo e chorando.  *Aqui* tem um tutorial de como colocar os afiliados. Qualquer coisa é só falar comigo :)   E obrigada por comentar e ser diva [:
Anônimo1: Acho que ela vai dar uma chance pro Chaz heim ;)
Anônimo2: Não chore D:
@jusmeuprinceso: Seja bem-vinda fofa e muito obrigada por comentar :)
BolgStar: Aí está o capítulo ;)
Jus, my dream! Imagine: Obrigada, já continuei :D
Ingrid Gaby: Obrigada. Continuei já :)
Imagina Bieber Sedução: Continuei. Divulgo sim :) Se puder me divulgar também, seria ótimo ;)
Pronto, respondi todas vocês :)
Até o próximo capítulo ;*

Divulgando:
http://sonharmaisumpoucocomojustin.blogspot.com.br/

26/01/2013

California Sky: Capítulo 18 - Broken Hearts

15 comentários: | |
Tumblr_mdnhdxjkef1qb7uceo1_500_large
"There’s nothing like us, there’s nothing like you and me"

Santa Monica - Califórnia, sexta-feira, 8:00PM
Sentia minha cabeça girar, meu corpo estava ao lado de Chaz, mas minha mente estava longe, ao lado dele pra ser mais precisa. Por que amar dói tanto? Nós nem estávamos namorando, mas eu sinto que um pedaço de mim se foi junto com ele. Não sinto vontade de fazer nada, nem estou comendo tanto como eu comia antes. Não faço mais nada por vontade própria. Tudo que faço é porque Chaz e meus irmãos me obrigam, só pra me ver melhor, mas nada funciona. Que droga! Eu estou ao lado de um garoto perfeito que me ama, mas não consigo esquecer o Justin! Que raiva de mim mesma!
Chaz: Tenho que ir, Sophie. Pattie já deve estar preocupada. - Disse, me trazendo de volta a realidade.
Sophie: Mas já? Não vai esperar o filme acabar? - Ele riu.
Chaz: O filme já acabou. - Olhei pra TV e ele estava certo, já estava passando os créditos.
Sophie: Ah... - Foi só o que conseguir dizer. Chaz me olhou preocupado.
Chaz: Ainda dói né? - Perguntou e eu assenti. - Vem cá. - Me puxou para um abraço, me fazendo derramar algumas lágrimas. - Olha, se eu pudesse eu tomava toda a sua dor pra mim, mas infelizmente não posso. E também não queria sofrer por terminar um namoro com o Justin. - Ele fez uma careta e eu ri.
Sophie: Isso foi nojento.
Chaz: Também acho. - Nós rimos. - Gosto de te ver assim.
Sophie: Assim como?
Chaz: Feliz e sorrindo.
Sophie: Pena que eu não tenho mais motivos pra isso. - Abaixei a cabeça.
Chaz: Eu não sou um motivo? E seus irmãos, sua família, seus amigos, os fãs que você ganhou com esse "relacionamento"? - Fez aspas com as mãos e eu sorri fraco.
Sophie: Apenas vocês.
Chaz: Eu quero te fazer feliz, Sophie. Quero te dar o que o Justin não foi capaz de te dar. - Ele me olhou carinhosamente e acariciou minha bochecha com uma das mãos. Se ele soubesse o quanto é difícil deixar de amar alguém...
Sophie: Eu também, Chaz. Eu quero muito te amar de outra forma, quero muito mesmo, mas infelizmente eu não mando no meu coração.
Chaz: Por favor, me dê uma chance, deixa eu tentar fazer você me amar de outra forma?
Sophie: Eu... eu não sei, Chaz. Me dê um tempo. Foi tudo muito recente, eu preciso pensar.
Chaz: Ok, eu espero o tempo que for preciso. - Sorri.
Sophie: Obrigada. - O abracei e senti ele afagar meus cabelos.
Chaz: Agora eu realmente tenho que ir.
Sophie: Tudo bem, eu te levo até a porta.
Chaz: Não precisa. Fique aí e descanse. - Assenti. - Até logo. - Ele me deu um rápido selinho.
Sophie: Até. - Ele sorriu e saiu do quarto.
Soltei um longo suspiro. Quando eu era criança sempre ouvia as pessoas dizer que o amor dói, mas nunca imaginei que dói tanto. A pior dor do mundo é amar alguém que não te ama, que te trocou por outra pessoa.
E o pior de tudo é amar alguém que não te ama, sendo que tem outra pessoa maravilhosa que faria tudo por você.
Chaz era tão perfeito, estava sempre querendo me ver sorrir, nunca me fez derramar uma lágrima sequer, mas meu coração estúpido foi se apaixonar logo pelo Justin, alguém que só me fez mal.
Suspirei mais uma vez e levantei da minha cama. Olhei as horas no meu celular. 8:20PM. Meu dia não foi nada produtivo e só aconteceram coisas ruins.
Decidi que precisava de um banho de banheira pra relaxar, mas antes iria pedir pizza porque não quero comer comida instantânea e aposto que meus irmãos também não.
Deixei a banheira enchendo e fui até o quarto deles, onde Matthew jogava no computador e Andrew estava deitado na cama mexendo em algo no seu celular.
Sophie: Vão querer pizza? - Sim, eu entrei no quarto sem bater.
Andrew: Eu vou sair. - Sentou na cama.
Sophie: Vai onde e com quem?
Andrew: Vou levar aquela pessoa em um lugar. - Deu ênfase no "aquela" e eu só sorri fraco. Pelo menos ele estava feliz com alguém.
Sophie: Só não volta muito tarde. - Ele assentiu e entrou no banheiro. - Quer pizza de que Matthew?
Matthew: Pode ser de calabresa.
Sophie: Pode pedir então? É que eu preciso de um banho.
Matthew: Tá, vai lá.
Sophie: Muito obrigada. - Ele sorriu e eu saí do quarto. Fui para o banheiro, coloquei os sais de banho na banheira, me despi e entrei na banheira. A água estava quente e isso me ajudou a relaxar, já que eu sentia todos os músculos do meu corpo tensos.
Fiquei por lá alguns minutos e então comecei a lembrar de tudo que aconteceu e as lágrimas começaram a cair. Saí de lá rapidamente. Por mais que eu quisesse ficar na banheira, eu precisava manter minha mente ocupada e não conseguiria se ficasse lá.
Vesti meu roupão, fui até o closet e peguei uma roupa confortável, apenas para ficar em casa. Me vesti, penteei meu cabelo, peguei meu fone de ouvido e fui até o quarto de Matthew. Ele não estava lá, então só poderia estar na sala.
Desci a escada ouvindo e cantando The A Team do Ed Sheeran. Assim que cheguei na sala, vi Matthew comendo a pizza e corri até lá.
Sophie: Poxa, nem me esperou. - Mordi a pizza.
Matthew: Você tava demorando muito. - Deu de ombros e eu ri baixo. Nós começamos a assistir a televisão. Tava passando um filme que eu achei muito chato, mas acho que Matthew tava gostando porque ele nem piscava direito.
Ouvi a campainha tocar e fiquei esperando Matthew atender, mas ele nem se mexeu, então fui eu mesma lá. Fui toda saltitante, com meu fone de ouvido e cantando, mas minha expressão mudou assim que eu abri a porta, dando de cara com Justin. Seu estado era lamentável. Ele estava com as mãos no bolso da calça de moletom cinza que usava e seus olhos estavam vermelhos e inchados, provavelmente estava chorando. Senti meus olhos encherem de lágrima e tentei fechar a porta, mas fui impedida por Justin.
Justin: Por favor, deixa eu falar com você. - Disse e vi uma lágrima escorrer pela bochecha dele. Senti meu coração apertar e várias lágrimas escorrerem pelo meu rosto.
Sophie: Eu... não quero sofrer mais. - Ia fechar a porta novamente, mas ele me impediu.
Justin: Eu só quero me despedir. - Deu um passo a frente, ficando mais próximo de mim.
Sophie: Ok, tchau. - Mais uma tentativa falha de fechar a porta.
Justin: Eu nunca vou me esquecer de você, pequena. - Se aproximou mais. - Eu irei voltar em breve, mais rápido do que você imagina. - Agora estava bem próximo. Mais próximo do que eu queria. Merda, porque não consigo afastá-lo? - Eu te amo. - Sussurrou apenas para mim ouvir e selou nossos lábios bem devagar. Seus lábios frios entraram em contato com os meus lábios quentes, fazendo uma corrente elétrica percorrer todo o meu corpo. Cara, ele disse que me ama! Ele nunca me disse que me amava! Mas que droga, o que estou dizendo? É óbvio que ele tá mentindo, ele não me ama e nunca me amou. Eu quero muito afastá-lo, mas também quero muito sentir seus lábios nos meus. É um beijo de despedida, não tem problema né? Óbvio que tem, sua burra. Ele mentiu pra você!
Sophie: Sai de perto de mim Bieber! - O afastei bruscamente e pude ver o olhar de tristeza dele.

- narrado por Justin B. -
Sophie: Sai de perto de mim Bieber! - Ela me afastou bruscamente e mais uma vez eu senti vontade de me jogar na frente do primeiro carro que aparecesse. Ela me chamou de Bieber. Ela só me chama assim quando está com muita raiva de mim, acho que ela não tem raiva e sim ódio. Ela tem razão, eu também tenho ódio de mim.
Juntei toda a força que ainda me restava e disse:
Justin: Eu sei, sou um estúpido, um imbecil, mas eu nunca menti quando disse que amava você. Eu te amo mais do que a mim mesmo e estou me sentindo um lixo por te magoar desse jeito, mas infelizmente eu preciso ajudar a Selena com o lançamento do CD dela. Eu sou famoso e às vezes preciso fazer essas coisas, mas eu prometo que assim que isso tudo passar, que quando eu voltar, eu vou fazer de tudo pra te reconquistar, porque está sendo impossível ficar longe de você, sem olhar nos seus olhos, sem sentir seu beijo e sem poder nem ouvir sua risada gostosa. Eu não sei se você vai me esperar, não sei se vai ter outro no meu lugar, mas eu enfrentarei tudo, passarei por cima de absolutamente tudo pra te ter novamente porque eu tenho certeza que ninguém nunca irá te fazer feliz como eu te faço, assim como eu nunca irei achar alguém que me faça feliz igual você me faz. - Nós dois chorávamos e eu já sentia minhas pernas fraquejarem. - Eu te amo. - Disse por fim e depositei um beijo na bochecha dela. Olhei pela última vez em seus olhos e me virei, caminhando até meu carro e entrando no mesmo. Minha visão estava embaçada por causa das lágrimas, então eu as sequei e tentei segurá-las até chegar em casa. Não queria causar um acidente.
Assim que cheguei em casa, encontrei todos reunidos na sala, inclusive Chaz, que saiu de lá assim que eu cheguei. Todos me olharam, aliás meus estado era lamentável. Calça cinza de moletom, uma camiseta branca, meus fiéis Supras, olhos inchados e vermelhos e lágrimas escorrendo sem parar. Eles nunca me viram chorar assim, então é normal que se assustem.
Fui direto para o meu quarto, sem olhar na cara de nenhum deles.
Selena: Justin! - Ela me chamou, mas eu ignorei.
Entrei no meu quarto e tranquei a porta, me jogando na cama em seguida e finalmente podendo chorar em paz.
- fim da narração de Justin B. -

Capítulo triste :(
Bom, antes que me matem e tals por sumir, é que meu primo tá aqui em casa e eu tenho que dar atenção à ele, porque ele é meu parceiro, tá ligado? Huahauhua, parei é que além de primo, ele é meu melhor amigo, então não seria legal deixar ele de lado pra ficar no computador.
Enfim, ACHO QUE VOU NA BT \o/ \o/ \o/ \o/
~exalando felicidade~
Meu pai também quer ir porque ele gostou muito de ir na MWT e quer ir de novo *o*
Gente linda, meu aniversário tá chegando (dia 01 de fevereiro) então eu já to aceitando presentes ok? u_u
Chega de falar, deixa eu responder os comentários logo:

Canadians Boys: Awn, obrigada. Você é muito diva, véi. *-* E sim, ele infelizmente vai embora :(
Ana Julia: Ele vai embora sim amr :[   Muito obrigada pelo comentário fofa *-*
@GabitBieber: Meu twitter é @BieberIsAngel_ :)
Pequena do Justin: É, ela tá sofrendo sim, mas felizmente ainda vai acontecer muita coisa nessa IB e quem sabe ela não volta a ficar feliz novamente né? ^^   E linda é você u_u   Posso colocar seu blog como parceria sim, é só me por no seu e avisar que eu te coloco aqui. E não esqueça de deixar o link do seu blog também (:
Raphaella *-*: Sophie poderosa \o/ hahahaha Já continuei, diva (;
Mundo Swag: Infelizmente não posso dizer se ele vai desistir e infelizmente só consegui tempo pra postar agora :(  Obrigada por comentar s2
amanda aires: Já continuei (;
mari: Awn, obrigada :D
Thalita Lisboa/@dear_belieber: Cara, que comentário grande *o*  #amo  Vamos responder por partes então:
1 - Ainda bem que desistiu de me matar, sou muito nova pra morrer e ainda preciso abraçar o Biebs hahaha
2 - Também sempre quis fazer guerra de pipoca hauhauah
3 - Não posso dizer o que irá acontecer :[
4 - Poxa, nem na IB eu consigo ficar com raiva do Jus, ele é tão fofo e ama ela de verdade :[
5 - Irei te dar um selo vidente: clica. KKKKKKKKK
6 - Também sou Team Jophie e quero que eles voltem logo, mas tenho que dar emoção à IB hahaha
7 - Enfim, obrigada por comentar e ser tão diva *o*   <3
Evelin Soares: Obrigada e já continuei (:
Line Silva: Gente, tira essa ideia de livro da cabeça, eu realmente não sou tão boa assim. Fico feliz que vocês achem, mas eu não sou '-'.    Muito obrigada por comentar fofíssima (:
lais santiago: Obrigada, divulgo sim (:
Luiza , Nicole e Rafaela: Meu primo é mal hahahaha Obrigada por comentar fofa (:
geisiele: Obrigada e já continuei :]
Meninas.: Tipo, eu não entendi o que é Phaz '-' Sou lerda demais huahuahua, Obrigada por comentar (:
Imagine Belieber.: Obrigaaaada e já continuei :D
Midi dos Santos: Não morra, você é muito diva pra morrer D:  Não quero matar vocês de curiosidade, mas eu não posso mesmo contar o que vai acontecer, senão perde a emoção :s  Obrigada por comentar (:
Anônimo: To aqui \o   haha
Véi, minhas leitoras são muito divaaaaas *-------*  #mocionada 
Aconteceu um desastre: eu ia postar ontem, mas a internet parou de funcionar na hora que tava terminando o capítulo e não quis voltar, então fui dormir :((((
Felizmente eu estou aqui hoje e com um capítulo triste ):
Deixa eu parar de falar agora hauhau

22/01/2013

California Sky: Capítulo 17 - Goodbye

20 comentários: | |
Girl-goodbye-sad-text-typography-favim.com-56704_large
"But every single night I've just been lying awake, cause I, I can't get you off my mind"
(On My Mind - Cody Simpson)


Santa Monica - Califórnia, sexta-feira, 6:25PM
Já fazia alguns minutos que o filme havia começado e todos nós prestávamos atenção nele, mas eu parei de prestar quando senti uma mão na minha pipoca. Olhei para o lado que vi que era Chaz.
Sophie: Quem deixou?
Chaz: Desculpa, é que a minha acabou.
Sophie: Ninguém mandou comer tudo de uma vez. - Voltei a prestar atenção no filme, até sentir uma pipoca bater no meu rosto. - CHAZ! - Disse e taquei uma mão cheia de pipoca nele, que abaixou e acabou acertando numa garotinha que tava do lado dele.
A garotinha então pegou sua pipoca e jogou em mim de volta, mas eu abaixei e acertou em Andrew.
Andrew: É GUERRA! - Levantou gritando e jogando pipoca pra todos os lados. De repente todo mundo estava fazendo o mesmo. Eu não conseguia parar de rir um minuto.
Sophie: Eu sempre quis fazer isso! - Disse à Chaz, enquanto nós ríamos.
Chaz: Eu também, mas agora quero fazer outra coisa. - Disse e me puxou pela cintura, selando nossos lábios. Meus olhos estavam arregalados, enquanto eu sentia os lábios quentes de Chaz juntos ao meu, mas aos poucos fui me entregando ao beijo. Chaz realmente beijava bem e me tudo pra me fazer feliz, mas o meu coração idiota tinha que se apaixonar por alguém que não gosta de mim.
xxx: Cof, cof. - Alguém tossiu falso atrás de mim e nós nos separamos rapidamente. Olhei para trás e vi que era a lanterninha do cinema.
Chaz: Oi. - Abriu o maior sorriso forçado que ele conseguiu, me fazendo reprimir um riso.
xxx: Eu vou ter que pedir que vocês se retirem do cinema.
Sophie: Ok. - Disse. - Vamos Andrew e Matthew! - Gritei e eles nos seguiram para fora do cinema, enquanto nós ríamos sem parar.
Matthew: Cara, aquilo foi muito foda!
Andrew: Precisamos fazer aquilo de novo.
Chaz: Com certeza.
Sophie: Hey, vamos no McDonalds. - Puxei eles em direção ao McDonalds. Entramos e sentamos em uma mesa. Chaz e Matthew foram fazer os pedidos.
Andrew: Já tá com Chaz?
Sophie: Não, tá doido?
Andrew: Eu vi vocês se beijando.
Sophie: Ele me beijou... - Andrew deu de ombros. Logo uma pequena multidão se formou no McDonalds e todo mundo virou para a porta pra ver o que era. Senti meu coração ser quebrado em milhões de pedacinhos. Justin estava com a Selena e eles caminhavam até o caixa de mãos dadas. Chaz e Andrew olhavam eles com fúria e eu já sentia meus olhos encherem de lágrimas.
Sophie: Eu... eu vou esperar no carro. - Levantei. - Não quero saber de brigas tá ouvindo? Controle-se e controle o Chaz. - Disse e saí correndo dali, sentindo o olhar de Justin sobre mim.
Justin: SOPHIE! - Ele gritou enquanto corria atrás de mim. Parei de correr e sequei as lágrimas, virando pra ele e o encontrando com cara de choro.
Sophie: ME DEIXA EM PAZ! - Gritei. - Eu não quero te ver nunca mais. - Disse a última parte com o tom de voz baixo.
Justin: Por favor, não torne tudo mais difícil. - Secou minhas lágrimas com as mãos e eu as tirei do meu rosto.
Sophie: Quem tornou tudo difícil foi você. - Disse e comecei a caminhar para longe dele, mas parei quando ele disse:
Justin: Eu vou embora amanhã. - Juro pra vocês que meu coração parou por alguns segundos. Como assim ele ia embora? Eu ia ficar sem ver seu lindo sorriso, de ver ele fazendo palhaçadas, de olhar nos seus olhos cor de mel que me hipnotizam.. AAH! O que eu to dizendo?
Sophie: Então... tchau. Boa viagem. - Disse e voltei a caminhar. Meu orgulho é muito maior do que a vontade de voltar lá e me jogar nos braços dele.
Caminhei rapidamente até o carro, segurando as malditas lágrimas que queriam cair.
Destravei o alarme e entrei dentro da carro. Só aí eu pude chorar, chorar por ter conhecido ele, por ter me aproximado e o pior: me apaixonado. Justin é um idiota por ter brincado assim com os meus sentimentos. Maldita proposta, maldito Scooter, maldito namoro!
Quando percebi os meninos entrando no carro, limpei meu rosto.
Chaz: Sophie, vem aqui. - Me puxou para um abraço. Afundei meu rosto no pescoço de Chaz e acabei chorando mais ainda.
Sophie: Chaz.. dirige pra mim, por favor? - Ele assentiu e eu troquei de lugar com ele. Encostei minha cabeça no vidro e fiquei assim até chegarmos em casa.
Cheguei e fui direto pro quarto, sem me importar com Chaz ou qualquer outra pessoa. Meus pais não estavam em casa, pelo menos eles não iriam querer saber o que houve. Mas espera... se Justin vai embora, então Chaz também vai? Não, ele não pode ir também.
Sophie: CHAAAAAAAZ! - Gritei e escutei ele subir correndo. Entrou no quarto sem nem bater na porta.
Chaz: O que foi? Você tá passando mal? Quer ir no hospital? - Disse ofegante enquanto colocava a mão na minha testa. Ri com isso.
Sophie: Não Chaz, não to passando mal.
Chaz: Então por quê me gritou daquele jeito?
Sophie: Você vai embora?
Chaz: Não, porque?
Sophie: Justin disse que vai embora amanhã, achei que você também fosse. - Ele sorriu.
Chaz: Eu ainda vou ficar aqui te perturbando. - Ri.
Sophie: Obrigada, você é o melhor amigo que alguém poderia ter.
Chaz: Obrigada. - Ele sorriu.
Sophie: Chaz, sem querer ser chata, mas eu gostaria de ficar sozinha.
Chaz: Nada disso, eu não vou deixar você ficar sofrendo sozinha. Se for pra sofrer, vamos sofrer juntos. - Sorri.
Sophie: É uma pena que eu não consiga gostar de você da mesma forma que você gosta de mim. - Abaixei a cabeça. Essa é mais um pensamento que não deveria ser compartilhado, mas vocês sabem como é a minha boca né.
Chaz: Eu... eu estou disposto a mudar isso. - Ele colocou um dos dedos no meu queixo e levantou minha cabeça, fazendo eu o olhar. Nossos olhares se encontraram e logo meu olhar foi para sua boca. Eu realmente queria beijá-lo, seu beijo era bom e eu me sentia protegida perto dele, mas eu não o amava. Quer dizer, eu o amava, mas como amigo, apenas como amigo.
Chaz selou nossos lábios delicadamente, como se tivesse medo de me machucar. Tentei me entregar ao máximo ao beijo, mas meus pensamentos estavam nele, somente nele e eu tentava afasta-lo da minha mente.


Antes que me matem por não postar, deixa eu explicar meu caso: quinta eu não postei porque tava com preguiça '-', sexta eu fiquei o dia todo fora, sábado eu escrevi pouco porque meu primo tá aqui em casa e hoje eu consegui terminar de escrever \o/
Meu primo vai ficar a semana aqui, então talvez eu poste menos, sorry.
Enfim, tenho bastante comentários pra responder por causa da minha ausência, então deixa eu começar de uma vez:
Mari: Wow, você deu um monte de ideias, mas não sei se vai ser alguma delas '-' Ainda estou pensando no que vai acontecer, mas talvez eu use alguma das suas ideias ;) Eu to bem e você? Obrigada por comentar.
Canadians Boys: Você é cega sim ok? Não sou diva e nem gata, você que é e ponto final. haha. Obrigada pelo comentário e obrigada pelas sugestões <3
Letícia Medeiros: Irmãos em paz de agora em diante \o/ Awn, queria ir para os EUA também :(  Me mande fotos ok diva? haha E não esqueça de mim quando estiver lá hahaha. Obrigada por comentar <3
Larissa.M: Continuei fofa (:
Ana Julia: Adivinhou uma parte, parabéns hahaha  Obrigada por comentar :)
Lindsay Bieber: Não mate o tio Scott e não me mate please D:   Demorei mas postei haha Obrigada por comentar (:
baby: Acertou (:
Bruna ;* : Pode me chamar de Bia *-*  O Matthew é o Dylan Sprouse e o Andrew é o Cole Sprouse, aqui tá um gif deles: clica. Obrigada pelos elogios e por comentar também (:
Bianca: Justin não viu eles se beijando '-' Obrigada por comentar :)
Evellyn Martins: Seja bem-vinda e obrigada pelos elogios e pelo comentário :)
Mila: Eles se beijaram sim haha
Pequena do Justin: De nada linda ^^ Será que rola Chophie? G_G
Raphaella *-*: Também quero Jophie, mas o Justin tem que sofrer um pouquinho por ser tão idiota.
@dear_belieber: Vish, aconteceu mais de uma coisa que você disse, merece um prêmio de vidente do ano hauhau Todas as fotos do Justin tem a mesma expressão, muito normal ele hahaha Obrigada por comentar (:
Midi dos Santos: Awwn, não sou linda não, você que é *-* Obrigada por comentar (:
@GabitBieber: Pensando demais no Justin é? Eu também hahaha. Te sigo sim fofa.
BolgStar: Não fique D:
Mariana Torres: Adivinhou (;
Evelin soares: Infelizmente sim :( Continuei já ^^
Meninas.: Selena só vai ser gostosa quando o Justin for feio #fato
NAYRA ESTIMA: Divulgo sim :)
Terminei *-*
Gente, muito obrigada a todas as minhas divas que comentaram e se tiver alguma leitora fantasma, por favor apareça (:
Falem comigo pelo ask.fm, sou legal haha
Se quiserem que eu divulgue algum blog, página no facebook, twitter, etc, é só deixar o link nos comentários e se quiser fazer parceria comigo, é só falar (:
Bom, é isso. Até o próximo capítulo ;*

Foto:

Obs.: Morrendo aqui *u*



Votem nas Beliebers nessa enquete aqui. É só clicar na quinta estrela embaixo da foto do Justin. Por favor, é rapidinho. Vamos mostrar quem é o melhor fandom :D